Ponte de Beipanjiang: a nova ponte mais alta do mundo

Não é novidade que a China seja pioneira na construção das pontes mais altas do mundo. Como já abordado anteriormente no blog (Confira o post!), 4 das 5 pontes mais altas do mundo são chinesas. Entretanto, esse dado já mudou. Em setembro do presente ano, foi concluída a obra da Ponte de Beipanjiang, que fica a 565 metros acima do rio Nizhu, no sul da China.

ponte

Essa ponte tem 1341 metros de comprimento e irá ligar as províncias de Guizhou e Yunnan. A construção contou com cerca de 1000 engenheiros e técnicos, sendo que foi iniciada há três anos. Segundo a Televisão Central da China (CCTV), o custo da obra valor equivale a 133 milhões de euros (aproximadamente 470 milhões de reais). A inauguração para o público está prevista para o fim de 2016.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Há poucos meses antes da conclusão dessa obra, a China concluiu outra grande construção, que recebeu o título de ponte de vidro mais cumprida do mundo.

A seguir, podemos observar o perfil do terreno em que foi construída a ponte, evidenciando o desafio da construção devido à elevada altura até o rio.

ponte 7.jpg

ponte 8.jpg

Construir uma ponte com uma altura equivalente a um prédio de 200 andares não é uma tarefa simples, mas o relevo característico da China instiga o país a quebrar seus próprios recordes, desafiando os limites da Engenharia.

ponte-4

Confira o vídeo da CCTV sobre a finalização da obra:

Fontes: Maiores Pontes do Mundo, Ponte de Beipanjiang.

Anúncios

Estrada do Atlântico

    A Estrada do Atlântico, Atlanterhavsveien em norueguês, está longe de ser uma estrada qualquer! Além de ligar a costa continental à cidade Averøy, saltando de ilha em ilha, é um dos destinos turísticos mais procurados na Noruega.

    Sua inauguração foi em 1989, tendo um custo superior a 120 milhões de dólares. A obra teve a duração de seis anos, enfrentando durante esse período um total de 12 tempestades fortes, com registros de furacões, provenientes das intensas correntes de ar presentes no local. Durante o projeto, foi necessário levar em conta também os fortes choques do mar com a estrada em diversos pontos. Porém, atualmente, isso é um dos fatores que chamam a atenção dos turistas, que a qualquer momento podem ser surpreendidos por uma onda batendo em seu carro (Imagem 1).

estradaatlantico_04

Imagem 1: Ondas quebrando sobre a Ponte do Atlântico

    Esse maravilhoso percurso, construído literalmente a beira-mar, conta com mais de 8 quilômetros, que incluem curvas peculiares (que provocam a sensação de estar em uma montanha-russa), formas atípicas, oito pontes sobre o Oceano Atlântico, além de passar por pequenas ilhas, recifes e fiordes (profundas entradas do mar no continente) que proporcionam uma paisagem inexplicável. Em determinadas épocas do ano, quando o mar está calmo, as focas, baleias e golfinhos, deixam as ondas de lado para se tornarem a atração. Tal obra harmoniza arquitetura e engenharia, chegando, inclusive, a ganhar em 2005 o prêmio de melhor construção norueguesa.

estrada4

Imagem 2: Estrada Atlântica – Rota conectando ilhas cênicas

Fonte: Estrada do Atlântico e Noruega Estrada do Atlântico

O monotrilho suspenso de Wuppertal

Localizado  na cidade  de Wuppertal, Alemanha, o monotrilho suspenso (Schwebebahn, em alemão) foi inaugurado em 1901 e até hoje atua como um sistema de transporte urbano seguro e confiável, que alivia o trânsito nas ruas e proporciona uma excelente vista superior da cidade … Continuar lendo