Brasil e seus orgulhos: as maiores obras de Engenharia do país.

É certo que o Brasil tem passado por uma crise lastimável. Os abalos causados pela instabilidade política e econômica que o país enfrenta estão sendo refletidos em diversos setores.

Mas, ainda assim, o Brasil tem seus orgulhos e, em meio ao caos que estamos vivendo, por que não ressaltar o que temos de bom? A construção civil brasileira está aí para mostrar, através de sua técnica e eficiência, que o nosso país tem muita qualidade!

Nesse post, falaremos de 4 das maiores obras de engenharia civil do Brasil, destacadas levando-se em consideração seu tamanho e importância.


4ª posição – Edifício Millennium Pallace

Este é, atualmente, o edifício mais alto do Brasil. Localizado em Santa Catarina, na praia de Balneário Camboriú, ele conta com 177 metros de altura e 46 andares, tendo quase o dobro da altura média dos outros prédios em seu redor. Inaugurado em 2014, este edifício superou o edifício Mirante do Vale, em São Paulo, que ficou por 48 anos com esse posto.

O Millennium Pallace é uma construção de alto padrão, que conta com materiais modernos e tecnologia de ponta. A fachada apresenta 1800m³ de peças de Poliestireno Expandido (EPS) moldado. Todo o material foi testado pela equipe de engenheiros da construtora responsável.

O edifício tem um apartamento por andar, com 3,5m de pé direito, piscina privativa e vista para o mar. O custo chega a 10 milhões de reais por apartamento.

Este slideshow necessita de JavaScript.


3ª posição – Cidade Administrativa de Minas Gerais (CAMG)

A Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves, em Belo Horizonte, sede do governo do estado de Minas Gerais, é onde está localizado o maior prédio de concreto protendido suspenso do mundo. A sede foi desenhada por Oscar Niemeyer, e a inauguração ocorreu em março de 2010.

A Cidade é composta por seis prédios principais, com capacidade de reunir 16 mil servidores, abrigando o Palácio dos Tiradentes, as Secretarias de Estado, centro de convivência, auditório, restaurantes, estacionamentos, entre outros.

Mas o maior destaque é o Palácio Tiradentes, a sede da Governadoria do estado de Minas Gerais. O edifício é o maior prédio de concreto protendido suspendo do mundo, com um vão livre de 147 metros de comprimento e 26 de largura, sendo também um grande destaque por sua magnífica arquitetura.

Veja o post com maiores informações sobre a CAMG clicando aqui.

Este slideshow necessita de JavaScript.


2ª posição – Ponte Rio-Niterói

Oficialmente nomeada Ponte Presidente Costa e Silva, a popularmente conhecida Ponte Rio-Niterói recebe o título de maior ponte do hemisfério sul, e a 14ª do mundo em extensão.

Essa enorme estrutura é um importante marco na evolução da engenharia nacional. Ela conta com 13,3km de extensão erguidos sobre a Baía de Guanabara, conectando as cidades de Niterói e Rio de Janeiro. A ponte foi inaugurada em março de 1974, completando, em 2017, 43 anos de existência. Segundo o Engº Dr. Carlos Henrique Siqueira, um dos engenheiros responsáveis pela construção e assistência da ponte, ela se destaca pelo excelente serviço de manutenção que recebe constantemente, motivo pelo qual suporta um tráfego de aproximadamente 150 mil carros por dia, que ainda aumenta em finais de semana e feriados.

Além desses destaques, a ponte também é evidenciada por seu vão central, o maior vão em viga reta contínua do mundo, com 300 metros de comprimento e 72 de altura. É também a maior ponte em concreto protendido do hemisfério sul.

Segundo os engenheiros responsáveis, o maior desafio na construção da ponte foram os 9km erguidos sobre o mar, que demandaram uma perfuração profunda no subsolo oceânico, a fim de encontrar um terreno rochoso que fosse capaz de suportar a estrutura.


1ª posição – Usina hidrelétrica de Itaipu

Localizada no Rio Paraná, em Foz do Iguaçu, essa é a maior usina hidrelétrica do mundo em produção, tendo sido também, por muito tempo, a maior em dimensão, lugar que foi recentemente assumido pela Usina Hidrelétrica Três Gargantas, na China.

A obra teve início em 1974, e foi tão grandiosa que demandou a construção de uma cidade em seu entorno, para abrigar os 40 mil operários, fazendo com que a população local aumentasse de 20 mil habitantes para mais de 100 mil, em menos de dez anos.

Em apenas 4 anos de obra, Itaipu já possuía em sua estrutura mais de 12 milhões de metros cúbicos de concreto.  Depois de 8 anos de constante construção, em 1982, foi inaugurada a maior hidrelétrica do mundo na época, o que fez com que o mundo voltasse os olhos para o Brasil.

Hoje, a hidrelétrica é parte do turismo da cidade de Foz do Iguaçu, com atendimento turístico organizado, contando com atrações nas áreas de engenharia, natureza, tecnologia e história.

Veja também o post com maiores informações sobre a Usina de Itaipu clicando aqui.

Este slideshow necessita de JavaScript.


Essas são as principais obras que fazem o Brasil se destacar por sua eficiência na engenharia. Que nós, como futuros engenheiros, possamos dar continuidade a obras tão magníficas como essas e nos empenharmos para contribuir com a riqueza da engenharia brasileira. O Brasil precisa cada vez mais de profissionais qualificados, e essa responsabilidade é nossa. Somos o futuro do desenvolvimento tecnológico do país. Somos o futuro da engenharia brasileira!

Palavras-chave: Cidade AdministrativaPonte Rio-NiteróiMillennium PallaceUsina de Itaipu

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s