TuboHotel – Sustentabilidade Mexicana

Demandando apenas três meses para a sua construção, o TuboHotel foi inaugurado em 2010 na aldeia mexicana de Tepoztlan. O projeto é do escritório de arquitetura T3Arq e a construção é baseada em módulos de grandes cilindros de concreto, sendo a segunda a ter sido executada no mundo moderno. A sua precursora foi a obra “Das Park Hotel”, na Áustria.

tubo_hotel_2
Além de estar situado em uma área sagrada de nascimento de um deus asteca e agregar o elemento cultural, o empreendimento usou um tipo de construção ecológicamente correta com concreto reciclado; por vistas de estar localizado em um contexto de árvores nativas, foi aproveitada uma área de clareira que maximizasse o espaço e preservasse o entorno. Dessa maneira, os 20 quartos/tubos de concreto com diâmetro de 2.50 metros e comprimento de 3.50 metros são posicionados aleatoriamente ( de acordo com a topografia), mas de modo a ficarem em círculo e posicionados para uma clareira principal.

tubohotel-mexico-5

benedetto_T3arc_Architecture_tubo_hotel_tubo11
As árvores nativas que cerceiam o local e dão conforto aos olhos dos hóspedes, foram preservadas e a clareira dá vista panorâmica para a Serra de Tepozteco. As estruturas tubulares não sacrificam, de forma alguma, a paisagem natural; pelo contrário: elas agregam beleza.

LATAM_TuboHotel3



Pode-se pensar que um quarto desses, apesar do aspecto rústico, não oferece conforto nenhum, mas isso está longe de ser verdade. Dentre outros mimos, a estrutura interna conta como cama queen size, ventilador, gavetas sob a cama para guardar os pertences, lençóis de algodão egípcio e uma parede de vidro que, quando não estiver sendo utilizada para vista, pode ter suas cortinas fechadas e proporcionar privacidade.
Um aspecto igualmente importante é que o conforto térmico oferecido é bem avaliado, mantendo temparaturas adequadas tanto durante o dia quanto à noite.

maxresdefault (1)

Conde-Tubo
O diferencial entre esse hotel e o similar austríaco é que o mexicano conta com banheiros e chuveiros privativos em duas casas separadas dos quartos. Quanto ao preço, a vantagem é bem chamativa, uma vez que a diária é de apenas 500 pesos (R$65,00) e incui o uso da piscina e o café da manhã reforçado com frutas e sucos variados.
Vale a pena conhecer o local sagrado e adorado pela mitologia asteca e se envolver em seus mistérios de uma maneira inusitada, conectando-se com a natureza e com o seu eu-interior.

Fontes: Ciclo Vivo         Catraca Livre        Planeta Sustentável

Anúncios
Postado em Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s