Casas Icônicas Mundo Afora – parte 1

Mundo afora, existem diversas construções impressionantes, que desafiam preceitos artísticos ou trazem uma nova concepção de engenharia e arquitetura. Construções desafiadoras, que propõem soluções novas e que, pelo seu status de ícone, devem ser conhecidas por todos os bons engenheiros. Afinal, nós engenheiros não podemos nos esquecer de que há mais do que a parte técnica em uma edificação. Seguem, então, 5 casas incríveis espalhadas pelo mundo, casas belas, inusitadas e desafiadoras.

1. Villa Savoye

villa_savoie2

A Villa Savoye foi projetada pelos arquitetos suíços Le Corbusier (1887-1965) e seu primo Pierre Jeanneret (1896-1967). Um ícone modernista, a Villa materializava a manifesto de Corbusier “Cinco Pontos da Arquitetura Moderna”:

planta livre, sem paredes estruturais, permitindo que estas fossem colocadas livremente, apenas onde esteticamente necessárias;

fachada livre, servindo apenas como apoio às janelas, livre de considerações estruturais;

pilotis, elevando o prédio e permitindo a continuidade do jardim embaixo da construção;

terraço-jardim, telhado funcional, que devolve à natureza o espaço ocupado pela casa;

janelas em fita, provendo iluminação e ventilação.

Localizada em Poissy, nos arredores de Paris, foi construída entre 1928 e 1931 usando concreto armado. Originalmente um retiro no campo para a família Savoye, foi abandona durante e II Guerra Mundial, sendo ocupada por alemães e americanos durantes o conflito. Em 1958 foi incorporada pelo Estado francês e em 1965 foi designada monumento histórico da França – a primeira construção modernista e a primeira vez que um arquiteto ainda vivo teve um projeto contemplado. Renovada entre 1985 e 1997, a Villa Savoye atualmente está aberta o ano todo para visitantes.

– Les 5 points de l’architecture moderne

Para mais informações, incluindo orientações para visitas, visite Centre des Monuments Natinaux (em inglês).

2. Frederick C. Robie House

Construída no campus da Universidade de Chicago, no bairro Hyde Park, a Casa Frederick C. Robie foi assinada pelo arquiteto americano Frank Lloyd Wright (1867-1959), um dos pioneiros do movimento modernista. Projetada em 1908 e completada em 1910, a casa é uma obra-prima do estilo Prairie, escola de arquitetura norte-americana.

frederick_c_robie_house

Considerada pelo American Institute of Architects (AIA) uma das 10 mais importantes estruturas do século XX, a casa, com suas linhas horizontais, estrutura desafiadora (laje suspensa), vidros trabalhados nas janelas e planta livre, inspirou drásticas mudanças na arquitetura mundial. Atualmente, a casa está sendo reformada, mas ainda se encontra aberta aos visitantes, que podem explorar a obra de Wright durante seus anos em Chicago.

Para mais informações, incluindo orientações para visitas, visite Frank Lloyd Wright Trust (em inglês).

3.Farnsworth House

Localizada na cidade de Plano, Illionois, EUA, às margens do rio Fox, a Farnsworth House foi projetada pelo arquiteto alemão Ludwig Mies van der Rohe (1886-1969). Encomendada como um retiro de fim de semana, a casa 140m² e um único cômodo é a materialização do estilo minimalista de Mies.

310454_1284827804_large

Construída predominantemente de aço e vidro, o interior da casa é completamente exposto ao ambiente. Oito colunas de aço elevam a casa 1,60m do nível do solo. Uma plataforma atua na transição entre a morada e o solo. Dois lances de largos degraus ligam o solo à plataforma e então ao átrio. Os únicos cômodos estruturalmente separados são os banheiros – os demais são divididos através do mobiliário que, na época da inauguração, havia sido desenhado pelo próprio Mies.

Para mais informações, incluindo orientações para visitas, visite Farnsworth (em inglês).

4. Manitoga

Projetada pelo designer industrial norte-americano Russel Wright (1904-1976) como sua casa, estúdio e jardim com 75 acres de vegetação selvagem, Manitoga é uma síntese de arquitetura e paisagismo, um monumento ao viver em harmonia com a natureza.

Sem título

Construída diretamente na rocha de uma pedreira abandonada, a casa tem telhados verdes e extensas paredes de vidro que oferecem vista a uma cascata de 9 metros. Wright desviou o curso de um riacho para criar a cascata e um lago no poço da pedreira. Manitoga também inclui 6 km de trilhas projetadas por Wright, com degraus de pedras, terraços e plantas nativas.

Para mais informações, incluindo orientações para visitas, visite Visit Manitoga (em inglês).

5. Sunnylands

Projetada pelo arquiteto norte americanos A. Quincy Jones (1913-1979) como casa de inverno para Walter e Leonore Annenberg, a construção de 2300 m² é um grande exemplo da arquitetura norte-americana da metade do século XX.

sunnylands

A construção integra o interior e o exterior com o uso de vidro. Famosa por seu telhado piramidal, as telhas rosas refletem a luz do nascer e do pôr do Sol. A casa abriga mais de 50 pinturas impressionistas e o layout livre une as obras de arte com a natureza circundante.

Para mais informações, incluindo orientações para visitas, visite Sunnylands (em inglês).

_______________________________________

Para mais casas icônicas, visite IconicHouse.org.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s