História da Engenharia – A Grécia Antiga

historia-da-eng-copy

Dando continuidade à série sobre a história da engenharia vamos falar sobre o desenvolvimento das construções na Grécia Antiga. No auge do desenvolvimento da Civilização Grega período compreendido entre os séculos VII a.C. e IV a.C. e foram realizadas obras de grande magnitude que tinham como principal função representar a grandiosidade dos deuses. Entre essas obras estão estatuas gigantes e templos complexos feitos em homenagem aos deuses.

As técnicas de construção na Grécia Antiga

  • Materiais

No ano 900 a.C., aproximadamente, a maioria das construções gregas eram feitas de madeira, barro ou tijolos de barro com telhados de palha. Durante esse período, os templos foram construídos em formato de ferradura, mais tarde evoluindo para uma forma retangular. As colunas eram usadas apenas para suporte, não para decoração. A partir do século VII a.C. passaram a ser usados o mármore conhecido por ser uma rocha durável usado principalmente em templos e teatros e o calcário, material fácil de esculpir utilizado em esculturas de deuses.

  • Estrutura

O método predominante empregado pelos gregos antigos era o de colunas e vigas. Este método é uma simples arquitrave em que a viga é suportada por duas colunas. A maioria dos templos gregos foi construída com vigas de madeira envoltas por colunas de pedra. As colunas, que serviam como forma de sustentação do telhado, possuíam também três tipos de estética bem definidas: a dórica, a jônica e a coríntia.

capiteis-gregos

  • Métodos

Os gregos antigos não usavam argamassa em suas construções, mas braçadeiras e buchas para apertar as peças. Os blocos de mármore e calcário eram cuidadosamente extraídos e medidos e então cortados precisamente para garantir uma construção perfeita. As ferramentas usadas pelos pedreiros eram manuais, tais como enxada, broca, cinzel e marreta. Os mestres escultores enchiam as colunas de pedra e os plintos de entalhes altamente decorados. Um guindaste era usado para levantar e colocar no lugar as peças.

Principais construções da Grécia Antiga

A arquitetura Grega evoluiu em três períodos evidentemente definidos pelas suas características estéticas e tecnológicas: O período arcaico, período clássico e o período helenístico.

O Período Arcaico ocorreu entre 800 a.C. e 500 a.C. e caracterizou-se pela edificação dos primeiros templos inspirados nas habitações micenicas. Foi o período do desenvolvimento do comércio e da colonização, responsável por espalhar os gregos por toda a área costeira da bacia do mar Mediterrâneo e do mar Negro. Uma das principais construções desse período foi o Templo de Ártemis em Éfeso e o Teatro de Segesta em Sicília no século V a.C.

Templo de Ártemis

Templo de Ártemis

Teatro de Segesta

Teatro de Segesta

O Período Clássico foi compreendido entre os séculos V a.C. e IV a.C., período histórico em que a civilização grega conseguiu alcançar o ponto mais alto de seu desenvolvimento econômico e também cultural. A principal construção desse período foi o Partenon em Atenas.

Partenon

Partenon

O período conhecido como helenístico foi um marco entre o domínio da cultura grega e o advento da civilização romana. Esse período é caracterizado principalmente por uma ascensão da ciência e do conhecimento. As principais construções são o Farol de Alexandria e a Estátua de Zeus em Olímpia.

Farol de Alexandria

Farol de Alexandria

Estátua de Zeus em Olímpia

Estátua de Zeus em Olímpia

Fontes: InfoEscola, Arte Grega

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s