Versatilidade e Qualidade: Uso do Bambu na Construção Civil

Desde os tempos remotos da história oriental, chineses e japoneses já conheciam e dominavam muito bem a arte de se construir tomando como base estruturas em bambu. Desde templos dedicados à Buda até conjuntos habitacionais familiares que prezavam pela discrição e possibilidades na mobilidade da planta baixa, esse material era o mais utilizado, por ser facilmente encontrado na região e por conferir leveza, resistência, durabilidade e praticidade aos ambientes. As janelas eram constituídas de um papel espesso e as paredes de bambu podiam ser móveis, possibilitando, assim, a integração dos espaços das casas.

_21024156 casa_japonesaInfelizmente, poucas construções desse tipo resistiram aos incêndios e ao desgaste natural ao longo dos anos. Entretanto, o bambu ressurge no cenário contemporâneo como um material promissor com grande potencial. As civilizações passaram a utilizá-lo em monumentos públicos, mas seu aproveitamento não para por aí.

Há cerca de 30 anos pesquisando esse recurso, o professor Khosrow Ghavami, do Departamento de Engenharia Civil da PUC-RJ, defende firmemente o uso do bambu na construção civil. Ele estudou 14 espécies e 3, em especial, com 10 cm ou mais de diâmetro são excelentes para o ramo da construção. As 3 espécies são: guadua (Guadua angustifolia), ao bambu-gigante (Dendrocalamus giganteus) e ao bambu-mossô (Phyllostachys pubescens). Todas podem ser encontradas no Brasil; por exemplo, no estado do Acre, em que 38% da superfície é coberta por bambuzais.

É inegável a beleza desse recurso, mas ela não é a única vantagem: ambientalmente falando, a extração não é danosa, visto que a gramínea gigante atinge um tamanho satisfatório em cerca de três anos.

536376_(www_Gde-Fon_com)

Sua resistência também surpreende até os pesquisadores: “Sua compressão, sua flexão e sua tração ja foram amplamente testadas e aprovadas em laboratório”, afirma Marco Antônio Pereira, professor do Departamento de Engenharia Mecânica da Unesp. Em geral, apresenta durabilidade superior a vinte e cinco anos, mas, se submetido a tratamentos especiais, como o preenchimento dos canais de seiva por um composto de cromo, cloro e bromo, esse período pode ter um acréscimo bastante interessante.

Tanto fora quanto dentro do Brasil, os arquitetos apostam no bambu para conferir traços marcantes a seus projetos. Eles conciliam natureza e tecnologia em um contraste que se torna agradável aos olhos.

bambu-no-design-da-estrutura

Na Alemanha, em ZeipZig, varas de bambu aliadas a cintas de aço caracterizam a fachada do estacionamento do zoológico da cidade.

bambu_madeira_abre325x167

Já no Aeroporto Internacional de Barajas, em Madri, na Espanha, o forro feito em bambu torna mais leve a estrutura feita em concreto e aço. O uso do material em tamanha obra demonstra a confiança depositada em sua durabilidade e resistência.

hoteles%20cerca%20aeropuerto-de-barajas-madrid

Em países como China, Equador e Colômbia, o bambu já é utilizado na parte estrutural de pontes e de edifícios de pequeno porte. O Laboratório Future Cities de Cingapura está estudando todas as possibilidades do material cuja resistência verificada em testes foi considerada maior, inclusive, que a do aço reforçado.

A extração desse material é ambientalmente menos danosa que a de metal e é economicamente mais viável, com transporte mais fácil. Pode perfeitamente vir a substituir o aço na construção civil, com sua estrutura oca e tubular resistente aos milênios de intempéries da natureza. Entretanto, deve-se aprimorar os estudos para potencializar seus benefícios e aprender a lidar com seus pontos fracos: como o comportamento durante a submissão às variações de temperatura, às chuvas e à degradação biológica. Se vencidas essas barreiras, um novo material pode tomar o lugar do aço com uma performance maior e uma pegada ecológica bem menor.

bambu-para-estruturas-de-concreto

Portanto, não há dúvidas: quanto mais se estudar, mais surpresas boas aparecerão sobre o material do futuro da construção civil : O Bambu.

Fontes: Planeta Sustentável- AbrilBlog AEC Web-Bambu

Anúncios

2 pensamentos sobre “Versatilidade e Qualidade: Uso do Bambu na Construção Civil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s