Obras Olimpíadas Rio 2016

Os Jogos Olímpicos Rio 2016 serão realizados no Rio de Janeiro entre os dias 5 e 21 de agosto de 2016, e as Paralimpíadas entre 7 e 18 de setembro do mesmo ano. Em 17 dias de jogos 306 provas com medalhas serão disputadas em quarenta e duas modalidades diferentes de esportes. 34 locais de competição ficarão espalhados em quatro regiões da cidade – Deodoro, Maracanã, Copacabana e Barra.

Rio_de_Janeiro_bid_venues_for_the_2016_Summer_Olympics

Um evento desse porte exige instalações e investimentos que condizam com a importância do mesmo. Para isso, estão em construção 14 instalações definitivas, dez temporárias e 11 que precisam de reforma ou adaptações. Os gastos chegam, por enquanto, a R$ 2,34 bilhões no Parque Olímpico, R$ 2,9 bilhões da Vila dos Atletas e R$ 835,8 milhões em Deodoro, com recurso dos governos federal e municipal, e parceria público-privada. Confira as instalações para os Jogos:

  • Definitivas em construção (14): Arena Carioca 1, Arena Carioca 2, Arena Carioca 3, Centro de Tênis, Velódromo, Campo de Golfe, IBC, MPC, Vila dos Atletas, Arena da Juventude, Centro de BMX, Centro Olímpico de Hóquei, Estádio de Canoagem Slalom e Estádio de Deodoro.
  • Temporárias em construção/a construir (4): Arena do Futuro, Estádio Aquático, Arena de Vôlei de Praia e Pista de Mountain Bike.
  • A reformar ou sofrer adaptações (11): Arena do Rio, Parque Aquático Maria Lenk, Estádio da Lagoa, Marina da Glória, Centro Aquático de Deodoro, Centro Olímpico de Hipismo, Centro Olímpico de Tiro, Parque Aquático Julio De Lamare, Estádio Olímpico João Havelange, Maracanã e Maracanãzinho.
  • Precisam apenas de instalações temporárias (6): Pavilhão 2, Pavilhão 3, Pavilhão 4, Pavilhão 6, Forte de Copacabana e Parque do Flamengo.
  • Pronta: Sambódromo.

Obras

Contudo, faltando 501 dias para o maior evento esportivo do planeta, entre os projetos relacionados a infraestrutura, 25% deles não tem prazo definido para conclusão. A organização dos Jogos, assim como o governo do Rio, porém, prometeram não medir esforços para finalizar os projetos, e o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, ao mesmo tempo que questiona o atraso de algumas obras, está otimista em relação ao término das mesmas. “Eu disse que quando viesse à abertura dos Jogos no Maracanã queria ter a oportunidade de agradecer a alguns operários pelo fim do trabalho. Paes me disse que gostaria de apostar que eu não teria operários para cumprimentar. Na verdade, eu quero perder essa aposta. E ainda assim vou agradecer”, disse Bach.

Vídeo: Atualização do andamento das obras para as Olimpíadas de 2016

Circuito de canoagem slalom: obra mais complexa dos Jogos

Circuito de canoagem slalom: obra mais complexa dos Jogos

Parque Olimpico em Dezembro 2014

Parque Olímpico em Dezembro 2014

Resta-nos agora apenas esperar e torcer para que todas as instalações e projetos Olimpíadas Rio 2016 sejam finalizados a tempo para a  realização de um dos eventos mais importantes já sediados no Brasil.

Fonte: GloboEsporte; Rio2016; Exame; CidadeOlímpica;

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s