Pontes que desafiam a engenharia

Dentre todas as estruturas criadas pela engenharia, as pontes se mostram sem dúvida como uma das mais funcionais e surpreendentes: funcionais por unir diretamente dois pontos de difícil acesso e surpreendentes por serem capaz de suportar grandes cargas e vencer longos vãos, apesar de seu visual aparentemente simples e frágil. Vale destacar especialmente as 4 seguintes pontes devido a características especiais que as tornam diferenciadas em relação as outras:

Danyang-Kunshan-Grand-Bridge-2 Gateshead_millennium_bridge_open Langkawi-Sky-Bridge-Malasia2

1- Danyang–Kunshan Grand Bridge (China)

Esta estrutura se destaca dentre as demais por ser a com maior extensão do mundo, com 164,8km, sendo projetada para permitir um acesso por uma região marcada pelos pântanos, lagos e rizicultura. A Danyang–Kunshan Grand Bridge segue praticamente paralela ao rio Yangtze, unindo, de leste a oeste, os centros mais densos de população do norte da província de Jiangsu.

Danyang-Kunshan-Grand-Bridge-2800px-Danyang–Kunshan_Grand_Bridge

2- Gateshead Millennium Bridge (Inglaterra)

Já esta ponte inglesa chama atenção pela sua mobilidade não convencional. Localizada sobre o rio Tyne, ela atrapalharia o fluxo de embarcações altas mas, em vez de abrir no meio assim como a maioria das pontes nessa situação, ela é impulsionada por alavancas hidráulicas a rotacionar 40 graus, permitindo hora a passagem dos barcos, hora a passagem de pedestres e ciclistas. A ponte é bem conhecida, tendo servindo como imagem em uma moeda de uma libra e possui o apelido de “O Olho que Pisca”.

683px-Tyne_and_Wear_UK_relief_location_map

3- Langkawi Sky Bridge (Malásia)

O diferencial desta ponte é a estrutura de sustentação utilizada. Em vez de numerosos cabos e pilastras ao longo de seu comprimento, esta possui apenas uma pilastra com diversos cabos que partem deste ponto. O visual da região é favorecido pela sua localização 700m acima do nível do mar, e a floresta em baixo da passarela.

Langkawi-Sky-Bridge-Malasia2 maxresdefault-1

4- Millau Viaduct (França)

Para fechar esta coleção, deve-se destacar a ponte Millau Viaduct, que chama atenção também por ser a mais alta do mundo, com 343 metros no topo de seus pilares e 270m a distancia entre os carros e o chão, vencendo o imenso e profundo vale do rio Tarn no sudoeste da França.

1280px-Creissels_et_Viaduct_de_Millau 800px-Viaduc-Millau_Pile-P2_Eiffel.svg

Fontes: Tecmundo, Wikipedia 1, Wikipedia 2, Wikipedia 3Wikipedia 4

Anúncios
Postado em Sem categoria

Um pensamento sobre “Pontes que desafiam a engenharia

  1. Pingback: Pontes que desafiam a engenharia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s