Thames Barrier

A Barreira do Tamisa (em inglês: Thames Barrier) é a segunda maior barreira anti-inundações do mundo (apenas a Oosterscheldekering nos Países Baixos é maior) e está localizada no rio Tamisa a jusante do centro de Londres, Reino Unido.Thames_Barrier_crop

Abrangendo 520 metros sobre o rio Tamisa perto de Woolwich, a barreira protege 125 quilômetros quadrados do centro de Londres de sofrer inundações causadas por marés cheias e marés de tempestade excepcionalmente altas. A Agência do Ambiente, órgão governamental responsável pela operação e funcionamento da barreira, recebe informações sobre um possível aumento dos níveis da maré por meio de satélites meteorológicos, plataformas de petróleo, navios e estações meteorológicas costeiras. Previsões de condições perigosas podem ser feitas com até 36 horas de antecedência.

Sendo assim, o fechamento da Thames Barrier ocorre logo após a maré baixa, ou cerca de 4 horas antes do pico da maré atingir a barreira, de modo a criar uma espécie de “reservatório” que será preenchido pelo fluxo de água proveniente da maré. O fechamento de todos os 10 portões – que pesam cerca de 3.000 toneladas cada e suportam 90.000 toneladas de água – leva cerca de 1,5 horas, começando pelos mais externos ate que os portões intermediários sejam também selados.

Thames Barrier funcionamento

O esquema de funcionamento, conforme mostrado abaixo, depende da rotação dessas portas semicirculares para uma posição vertical, a fim de impedir a passagem do fluxo de água.

TB legenda 3

A Thames Barrier, então, permanece fechada ao longo da alta maré até que o nível da água a jusante do bloqueio tenha reduzido ao mesmo nível que a montante. A barreira é então aberta, permitindo que a água obstruída retorne ao seu fluxo normal.

A Agência Ambiental fechou a Thames Barrier 174 vezes desde que se tornou operacional em 1982. Desses bloqueios, 87 eram para proteção contra inundações das marés e 87 foram para aliviar inundações fluviais. Closures da barreira têm aumentado ao longo das décadas.

closure_crop

A barreira foi projetada originalmente para durar até o ano de 2030. No entanto, uma análise recente sugere que, mesmo com o aumento do nível do mar devido às mudanças climáticas, a barreira será de proteção suficiente até 2060-70.

Fonte: TheTelegraph, BBCNews, GOV.UK;

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s