Os maiores arranha-céus: Burj Khalifa

arranha-cc3a9us-2burj_khalifa_aka_burj_dubai

Há 4 anos o Burj Khalifa sustenta o título de maior arranha-céu do mundo, alcançou este recorde com os seus 828m de altura e 160 andares habitáveis, completando a lista das extravagâncias de Dubai (Veja mais aqui).  O custo dessa megaconstrução é estimado em torno de 4,1 bilhões de dólares.

Os andares são ocupados com usos variados, dentre eles: 900 luxuosos apartamentos residenciais, 37 andares de escritórios e inclusive um luxuoso hotel do renomado estilista italiano Georgio Armani, que ocupa 35 andares do edifício e cujos preços acompanham a megalomania do local, uma diária na suite Dubai Armani custa em torno 7000 dólares na baixa temporada.

Para aqueles que não tem tanto dinheiro para arcar com os custos da luxuosa hospedagem, a alternativa para aproveitar a vista é o deque de observação denominado “At The Top”, que fica no 124° andar, a 442 metros de altura. Como todo entorno do andar é de vidro, pode-se ver uma vista em 360 graus do oceano, do deserto e da cidade. Esta é uma das principais atrações turísticas da cidade, mas mesmo só para dar uma olhadinha o preço é salgado, em torno de 90 reais para ingressos comprados com antecedência.

A construção:

Os projetistas inspiraram-se na forma da flor-de-lótus que é sagrada no Oriente, este formato pode ser reconhecido quando o edifício é visto de cima. A estrutura é feita de concreto e aço e o exterior revestido do alumínio e por mais de 28 mil painéis de vidro. Mais de 330 mil metros cúbicos de concreto, foram usadas e 39 mil toneladas de vergalhões de aço, algumas curiosidades sobre o prédio que dão ideia da sua grandiosidade são: para limpar todas as janelas seria necessário pelo menos 4 meses e com todo aço usado daria para construir uma ponte chegando até 1/4 do planeta Terra (Dos Estados Unidos ao Oriente Médio)!

Além de suas vantagens estéticas, a forma do arranha-céu ajuda a suportar fortes ventos e abalos sísmicos. A superestrutura é suportada por um tapete de concreto armado, que por sua vez é apoiado por estacas de concreto armado furado. A alta densidade, o concreto de baixa permeabilidade foi utilizado nas fundações para minimizar os efeitos prejudiciais dos produtos químicos corrosivos presentes na água subterrânea local. No topo do Burj Khalifa encontra-se a sua torre telescópica composta de mais de 4.000 toneladas de aço estrutural. O revestimento exterior é composto de vidros reflexivos, projetados para suportar o calor extremo do verão de Dubai. O prédio também possui um potente sistema de refrigeração de 145 mil toneladas, garantindo um clima ameno até nos andares mais altos.

Detalhes da construção:

  • Elevadores: 58
  • Pavimentos na superfície: 16
  • Pavimentos no subsolo: 1
  • Número de apartamentos: 900
  • Número de vagas de garagem: 304
  • Número de quartos de hotel: 2957
  • Velocidade máxima dos elevadores: 10 m/s

Fontes: The Skyscraper CenterHow stuff works, Guia em Dubai

Anúncios

2 pensamentos sobre “Os maiores arranha-céus: Burj Khalifa

  1. Pingback: Gigantes da engenharia: The Skyscraper Center | PET Engenharia Civil - UFJF

  2. Pingback: 10 grandes obras da engenharia moderna | PET Engenharia Civil - UFJF

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s