Copa do Mundo FIFA 2014 – Estádio Mineirão e Arena Pantanal

petcivil_na_copa2Dando continuidade a série “PET Civil na Copa”, hoje o post irá falar sobre o Estádio Mineirão e a Arena Pantanal, respectivamente localizados em Belo Horizonte e Cuiabá.

Estádio Mineirão

Novo_mineirão_aérea

O Estádio Governador Magalhães Pinto, mais conhecido como Estádio Mineirão ou “Gigante da Pampulha”, foi inaugurado em 1965 com o objetivo de atender a demanda de jogos dos principais times do estado de Minas Gerais, o qual foi determinante para o desenvolvimento do futebol em Belo Horizonte tanto na esfera nacional quanto internacional. Para a Copa do Mundo de 2014, o Novo Mineirão recebeu obras para melhorar suas acomodações de torcedores, jogadores e jornalistas, diminuindo sua capacidade de 76 mil para 64 mil pessoas, tornando-se um estádio padrão para a realização de jogos internacionais.

A reforma, que durou três anos e manteve a mesma fachada, foi entregue oficialmente em dezembro de 2012, e foi o segundo estádio a ficar pronto para a Copa de 2014. As principais mudanças realizadas foram rebaixamento do campo, proporcionando aumento da visibilidade; novos vestiários; recuperação estrutural do estádio, criação de novos acessos à arena, entre outras ações. Importante ressaltar que uma das principais metas da obra de modernização do Mineirão é obter a certificação Leed (Leadership in Energy and Environmental Design), que atesta o estádio como um empreendimento ambientalmente sustentável.

Custo: R$ 695 milhões

Contrato: Parceria Público-Privada – PPP (concessão por 27 anos)

Construção e operaçãoConsórcio Minas Arena S.A. (Construcap, Egesa e Hap)

Financiamento: R$ 400 milhões viabilizado pelo programa ‘BNDES ProCopa Arenas’

Capacidade: 64 mil lugares

Estacionamento2.644 vagas, sendo 1.704 cobertas

Inauguração: 21 de dezembro de 2012

Fotos

Arena Pantanal

cuiaba_aerea_arenapantanal

Para a construção da Arena Pantanal, que se iniciou em 2010, foi necessária a demolição do antigo Estádio Governador José Fragelli, inaugurado em 1975 e conhecido como “Verdão”. O estádio possui várias ações de cunho sustentável, possui um design arquitetônico diferenciado para uma melhor circulação de ar, jardins e árvores nas aberturas laterais, escolha de materiais específicos para compor a fachada, que é dividida em três partes, ela tem uma membrana na cor verde, que é perfurada e permite uma melhor ventilação; tudo para propiciar conforto térmico aos espectadores.

O local foi realizado para permitir diversos tipos de eventos e será um novo ponto de lazer  com restaurante, bares, passarela, jardins e uma escadaria, que pode servir como palco de shows. Além disso, as arquibancadas em estruturas metálicas atrás dos gols foram projetadas para serem removíveis. Ou seja, o estádio tem um caráter multiuso, possibilitando que as estruturas internas sejam removidas, de acordo com a utilização do ambiente. Alguns andares podem ser utilizados como centro de convenções ou salas de aula.

Custo: R$ 519,4 milhões

Contrato: Público

Construção e operaçãoMendes Júnior

Financiamento: R$ 339 milhões viabilizado pelo programa ‘BNDES ProCopa Arenas’

Capacidade: 43 mil lugares

Inauguração: 02 de abril de 2014

Fotos

Fontes: Uol, Portal 2014, Belo Horizonte, Portal da Transparencia, Portal da Copa.

Anúncios

Um pensamento sobre “Copa do Mundo FIFA 2014 – Estádio Mineirão e Arena Pantanal

  1. Pingback: Copa do Mundo FIFA 2014 -Estádio Mário Filho (Maracanã) e Estádio Joaquim Américo (Arena da Baixada) | PET Engenharia Civil - UFJF

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s