A construção da Torre Eiffel

Torre-Eiffel-Paris-FrancaUm grande símbolo da engenharia e uma das atrações turísticas mais visitadas no mundo, a Torre Eiffel encanta a todos. Localizada no Champ de Mars, ao lado do Rio Sena, em Paris, foi construída para comemorar o centenário da Revolução Francesa e ser o destaque da Exposição Universal de Paris de 1889. Mas a espetacular torre de 324 metros de altura seria desmontada 20 anos após sua construção. Porém, a instalação de uma antena para transmissão de telégrafos e o posterior uso em transmissões militares durante as duas Grandes Guerras permitiram que sua vida útil se estendesse até os dias de hoje.

Projeto original de Maurice Koechlin

Projeto original de Maurice Koechlin

A torre leva o nome de seu projetista, o engenheiro Gustave Eiffel, famoso construtor de pontes e estruturas metálicas, que havia participado do projeto da Estátua de Liberdade, mas Eiffel contou com a ajuda de outros profissionais.

Emile Nouguier e Maurice Koechlin, engenheiros da construtora de Eiffel, tiveram a ideia de construir uma torre muito alta, onde quatro colunas de vigas em treliças, separadas na base, se encontrariam no topo unidas umas as outras por mais vigas colocadas a intervalos regulares. Para que o projeto se tornasse mais aceitável ao público, pediram ao arquiteto Stephen Souvestre que trabalhasse na aparência da torre. Coube a Souvestre o desenho dos grandes arcos na base, o que dá à torre sua aparência tão característica.

O levantamento começou em janeiro de 1887. Os pilares foram construídos utilizando o sistema de ar comprimido, que permitia que ao lado do Rio Sena os operários trabalhassem abaixo do nível da água. Esses pilares eram espécies de gavetas de 200 m³ feitas de aço e preenchidas com concreto. Em junho do mesmo ano, o trabalho de fundação já havia terminado e começou-se a erguer a estrutura metálica da torre.

Fundação da Torre Eiffel

Fundação da Torre Eiffel

Essa estrutura metálica é composta de 18.038 peças de ferro fundido, feitas em uma fábrica em Levallois-Perret, na periferia de Paris. Todas com precisão de encaixe que chegava a décimos de milímetros, prontas para serem encaixadas e receberem os rebites, fixadores metálicos que se contraiam após o resfriamento, garantindo um ajuste da estrutura. No total foram utilizados 2,5 milhões de rebites.

A torre possui 7.300 toneladas de ferro e um peso total de 9547 toneladas, que exercem uma pressão sobre a base de 4,5 kg/cm², número relativamente pequeno. Fazendo uma comparação entre tamanho e peso, caso a torre tivesse 30 cm, ela pesaria 7 gramas, o mesmo que uma folha de papel.

O maior desafio durante a obra foi unir as quatro colunas inclinadas, o que exigiu um esforço de planejamento para que elas coincidissem na altura de 57 metros, onde está localizado o primeiro andar da torre. As bases inclinadas foram escoradas com pedaços de madeira, sustentando caixas de areia, onde as barras de ferro estavam apoiadas. A areia foi sendo retirada até que as colunas atingissem a inclinação correta. Além disso, foi colocado um macaco hidráulico sob cada

base para que a altura de cada coluna fosse ajustada. O resultado foi perfeito. As quatro colunas coincidiram de forma exata, sem que fosse necessário serrar nenhuma parte da estrutura.  A união das vigas principais até o primeiro andar foi concluída em 7 de dezembro de 1887.

Na época da construção não existiam guindastes de grande porte, e para içar as peças de ferro foram construídas plataformas de madeira e a própria torre sustentava pequenos guindastes a vapor. Aproximadamente 300 operários trabalhavam no canteiro de obras, sobre os andaimes de madeira. Não chegou a ocorrer nenhum acidente fatal.

Detalhe do projeto de uma das colunas, com o arco inclinado

Detalhe do projeto de uma das colunas, com o arco inclinado

Exposição Universal de Paris, 1889

Exposição Universal de Paris

Tour_Eiffel_

Evolução da obra

Evolução da obra

A torre foi inaugurada em 31 de março de 1889, e seu tempo total de construção foi de 2 anos, 2 meses e 5 dias. Considerando os meios de construção disponíveis na época, esse tempo pode ser considerado recorde. Sua altura original foi 300,65 metros, mas com a colocação de antenas no topo essa altura passou para 324 metros no ano de 1964. Por mais de 40 anos permaneceu como a estrutura mais alta do mundo, quando perdeu o título para o Edifício Chrysler, com 329 metros, em Nova York, no ano de 1930.eiffel1 (1)

Possui grande resistência à ação do tempo, podendo suportar ventos de até 250 km/h e inclinar-se até 70 cm. Porém, a inclinação máxima registrada foi de 15 cm. Pode sofrer dilatação térmica de até 15 cm, o que em seus 324 metros passa praticamente despercebido.

A cada sete anos sua pintura é renovada, sendo necessárias 60 toneladas de tinta para cobrir os 25.000 m² de superfície a ser pintada.

A torre de Gustave Eiffel foi usada para observações meteorológicas, astronômicas, experimentos de Física, além de ter uma visão estratégica, ser um ponto de comunicação de telégrafos e um farol para iluminação. Foram instalados barômetros e anemômetros e o engenheiro construiu para si um laboratório no terceiro piso onde fazia experimentos sobre a gravidade. Eiffel homenageou 72 cientistas em sua obra, gravando seus nomes na torre.

TORRE-EIFFEL (1)A Torre Eiffel consegue suportar até 10.416 pessoas em suas plataformas, e recebe todo ano 6,9 milhões de turistas. Tem três níveis para visitantes, onde se pode ter uma bela vista da cidade, além de ter uma estrutura de lojas e restaurante. À noite as pessoas se encantam com centenas de luzes acesas instaladas em sua estrutura.

Para o futuro, está previsto que parte do chão do primeiro andar será de vidro transparente, permitindo aos visitantes verem Paris a 57 metros de altura. E a partir de 2014 a torre passará a produzir parte da energia que precisa para funcionar, sendo instaladas pequenas turbinas eólicas, painéis solares e um mecanismo para reaproveitamento de água da chuva.

Mais que um ponto turístico, a Torre Eiffel é um monumento ao desenvolvimento tecnológico e ao nacionalismo que mostra toda a originalidade da engenharia.

E para uma visita virtual à Torre Eiffel, vá até o site oficial Eiffel Tower e aproveite um panorama de 360º em alta definição!

Fonte: Eiffel Tower, Educacional

Anúncios

6 pensamentos sobre “A construção da Torre Eiffel

  1. Parabéns para todos: Nandinha e os envolvidos na obra da Torre Eiffel. Desta obra tirem exemplos para a vida: trabalho honesto, dedicação, superação, conhecimento especializado, independente dos recursos, e, se estes recursos existirem, que sejam bem usados.

  2. Pingback: Museu dos Esgotos de Paris | PET Engenharia Civil - UFJF

  3. Pingback: Férias | PET Engenharia Civil - UFJF

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s