10 cidades-fantasma ao redor do mundo

Os motivos que levam uma cidade a ser abandonada variam de razões econômicas (que não foram suficientes para suprir as necessidades do local) a catástrofes naturais ou causadas pelo homem. Seja qual for a razão, elas registram em suas ruínas o que um dia foi a vida dos seus habitantes. Confira nesse post as 10 mais interessante cidades-fantasma – passando inclusive pelo Brasil! (Clique nas fotos para ampliá-las!)

1 – Fordlandia – Pará, Brasil

Em 1920, Henry Ford, criador dos automóveis Ford, adquiriu uma parcela de terra no Pará, com o intuito de criar uma  imensa fábrica de pneus, usando a borracha das abundantes seringueiras da Amazônia. O projetou levou à criação de uma cidade, Fordlândia, que se desenvolveu rapidamente. Mas, por diferentes problemas, somados ao nascimento da borracha sintética, o projeto foi abandonado e Fordlândia, em ruínas, se transformou em apenas um registro dessa época.

2- Kayaköy – Turquia

No ano de 1923, com o intuito de resolver conflitos religiosos, os governantes da Grécia e Turquia assinaram um acordo em que os gregos ortodoxos que viviam na Turquia iriam para a Grécia, enquanto os muçulmanos da Grécia rumariam para a Turquia. A cidade de tradição grega na região de Anatólia, na Turquia, Kayoköy, sofreu as consequências. Seus cerca de dois mil habitantes abandonaram a cidade, deixando para trás as ruínas, com casas e igrejas, que hoje são preservadas como museu pelo governo turco.

3 – Pripyat – Ucrânia

Antes da década de 70, a região abrigava apenas uma vila de agricultores. Tudo mudou quando a União Soviética decidiu construir ali a primeira usina nuclear da Ucrânia. Nascia assim Pripyat, uma cidade com cerca de 50 mil habitantes. Em 26 de abril de 1986, com a maior explosão nuclear da história, em Chernobyl, a cidade precisou ser evacuada completamente. Hoje as ruínas ainda mantêm marcas do súbito abandono, com pertences dos moradores deixados para trás no local contaminado pela radiação.

4 – Ouradour Sur Glâne – França

Em 1944, um regimento alemão, liderado por Adolf Diekmann, atirou em todos os homens da aldeia de Oradour-sur-Glane, antes de queimá-los, enquanto muitos deles ainda estavam vivos. As mulheres e crianças também foram massacradas. No total, 642 pessoas inocentes perderam suas vidas naquele ano. Posteriormente, a aldeia foi reconstruída um pouco mais a noroeste, mas o local do massacre continua lá até hoje, sombrio e silencioso.

5 – Pompeia – Itália

No ano de 79 d.C, o vulcão Vesúvio entrou em erupção e destruiu totalmente a cidade de Pompeia, soterrando, inclusive, quase toda a população da época. No final do século XVIII, a cidade foi descoberta por um agricultor e nos séculos seguintes, foi escavada por arqueólogos, que descobriram casas, comércios, aquedutos, teatros, objetos e afrescos. Mas o que mais impressionou foi a descoberta de corpos totalmente petrificados, na mesma posição em que estavam antes de serem atingidos pela lava do vulcão. Atualmente, as ruínas atraem turistas do mundo todo, curiosos pela história e o mistério do local.

6 – Craco – Itália

Devido a uma série de terremotos e deslizamentos de terras em 1963, Craco, na Itália, foi totalmente evacuada. Na época, a cidade tinha mais de dois mil habitantes, que foram transferidos para o vale, em Craco Peschiera. Hoje, as pessoas podem conhecer uma cidade-fantasma com suas casas e estruturas bastante conservadas.

7 – Sanzhi Pod City – Taiwan

No começo da década de 1970, esta aldeia futurista foi construída para ser um refúgio de férias para os mais ricos. Mas, devido a um grande número de acidentes fatais durante a construção, aliado à falta de investimento, o projeto foi interrompido permanentemente. Durante todo o tempo que as estruturas ficaram em pé, havia rumores de que a cidade era mal assombrada pelos fantasmas daqueles que morreram.

8 – Kolmanskop, Namíbia

A cidade de Kolmanskop foi fundada em 1908, devido à busca de diamantes e a esperança da população em fazer uma fortuna fácil. Dois anos depois, a cidade já tinha alguma infraestrutura, com escola, cassino, hospital, casas e edifícios residenciais. Depois da Primeira Guerra Mundial, as vendas de diamantes caíram e a cidade começou a ficar completamente vazia. Hoje, há muitas ruínas e só algumas construções estão de pé, consolidando-a como uma das únicas cidades-fantasma no meio de um deserto.

9 – Kowloon, China
O que começou como um forte militar chinês em Hong Kong terminou se transformando na favela mais densamente povoada do planeta, na cidade amuralhada de Kowloon, conhecida também por ser um pequeno território sem leis. Em 1992, quando foi evacuada, Kowloon tinha mais de 33 mil habitantes, e permanece hoje como uma curiosidade histórica.

10 – Bodie – California, EUA

O Oeste dos Estados Unidos soma cerca de seis mil cidades fantasmas, todas impulsionadas pelas “corrida do ouro”, no final do século 19, que levou milhares de pessoas à região em busca de enriquecimento rápido. Com o fim do ouro, hoje poucas se mantém de pé. Bodie é um exemplo. Mesmo construída quase toda em madeira, a cidade do Velho Oeste mantém 5% de sua estrutura, que chegou a abrigar dez mil habitantes, preservada dos incêndios, mudanças de clima e vandalismo.

Fonte: UOL Viagem, Terra, MSN Viagem

Anúncios

2 pensamentos sobre “10 cidades-fantasma ao redor do mundo

  1. Parabens pelo artigo muito bom, poderiamos tambem acrescentar Ilha Grande no Rio de Janeiro, a praia de Dois Rios, onde existia o presidio de Candido Mendes… La foi criado o famoso Comando Vermelho (juncao de politicos (inteligencia) e bandidos (acao)), por ser um local retirado… Hoje a cidade encontra-se em ruinas, parte do presidio foi impludido, e a outra parte ainda e possivel visitar. Com um visual alucinante de uma praia encantadora… Loucura imaginar!!

  2. Pingback: Cidades made in China | PET Engenharia Civil - UFJF

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s