Algas, um ótimo isolante térmico para Construção Civil

algas 1Você já imaginou empregar algas na construção civil? Pois este recurso é utilizado tradicionalmente em diversas partes do mundo, principalmente como isolamento térmico. No entanto, em construções modernas, o uso deste material ainda não havia sido possível com resultados eficazes, principalmente devido à dificuldade de processamento e separação das suas fibras sem danificá-las. Mas, a criação do  Instituto Fraunhofer de Tecnologia Química, da Alemanha, permitiu realizar de forma eficiente a retirada cas impurezas, principalmente a areia da praia, possibilitando a utilização no material.

As algas da espécie da Posidonia Oceanica, são encontradas em grande quantidade nas praias do Mediterrâneo e possuem características que as tornam  de grande interesse para a construção: as algas não são inflamáveis, são resistentes ao bolor e não se degradam na presença de umidade. Com um teor de sal entre 0,5 e 2%, elas podem ser usadas para produzir um material de isolamento que não vai apodrecer. Além disso, para que sejam utilizadas como material isolante não há necessidade de se empregar aditivos químicos. As fibras da Posidonia Oceanica  são capazes de uma inércia térmica considerável armazenando 2.502 joules por quilograma-kelvin (J/kgK), um valor significativamente superior ao da madeira e respetivos derivados.

Na natureza, as algas são encontradas em formato de bolas que precisam ser desfeitas para que possam ser utilizadas, segundo os pesquisadores o processo é simples. Basicamente, é feito uma agitação mecânica para retirada da areia, depois de terem sido agitadas, as algas são transportadas por uma correia onde logo em seguida serão cortadas. O processo impede a ocorrência fragmentação, obtendo um material estável de fácil manuseamento, além de ser 100% orgânico e renovável. No final as algas perdem sua forma de bola e se transformam em fibras que podem ser armazenadas e transportadas em bolsas.

Na construção, as algas podem ser utilizadas como isolamento entre as vigas de telhados inclinados, para isolar as paredes interiores, ou para reduzir a quantidade de calor perdido.

Veja aplicação em uma construção na Dinamarca:

Apesar de também ser uma das técnicas construtivas tradicionais em algumas zonas da Dinamarca, o uso de algas marinhas havia caído em desuso, contudo, uma organização que se dedica à conservação de edifícios históricos no país vem resgatando esta técnica eficiente de isolamento. O projeto consiste na criação  de uma casa que combina a construção tradicional de madeira com o revestimento com algas.

Para aplicação no telhado e fachada do edifício, as fibras foram aglomeradas em almofadas feitas de redes de malha. Para isolamento das paredes, pavimentos e tetos, as fibras foram confinadas entre elementos construtivos.

Entre as vantagens já citadas o projeto também destaca a durabilidade do material, cerca de 150 anos!

Fontes:  Engenharia Civil.com , EcoDesenvolvimento

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s