Casas flutuantes da Holanda

Por Daniel Massolla 

As casas flutuantes tornaram-se um grande fenômeno nos canais holandeses. A maioria das embarcações já era usada como residência, entretanto uma casa flutuante tem tudo que uma casa comum tem: sala, cozinha, banheiro, quartos e algumas podem ter até terraço.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Historicamente a Holanda envida esforços para se proteger da invasão do mar e ampliar seu território pois é um dos países mais afetados por inundações e pelas mudanças climáticas oriundas do aquecimento global. O controle da água se dava principalmente através da construção de comportas, aterros, diques e moinhos de vento (estes últimos foram criados para bombear a água pra fora). Desse modo, as casas flutuantes apareceram como uma alternativa para a população.

Atualmente existem na Holanda cerca de 16 mil casas flutuantes prontas e habitadas e cerca de 1500 são construídas anualmente. Amsterdam detém o recorde com cerca de 2.500 delas. Estas estruturas de concreto e aço são construídas em cima de cascos de aço ou em boias de alumínio e podem ser ancoradas à margem ou presas em estacas que vão até o fundo, de modo que a altura do piso fica condicionada ao nível da água. As instalações elétricas e hidráulicas são feitas utilizando longos condutos flexíveis.

Veja também o vídeo:

Fontes: Holanda.comConstrutora Cury G1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s