Prédios na China construídos em tempo recorde

Prédio-de-30-andares-é-construído-em-15-dias-e1326459941912

Duas semanas podem parecer muito pouco tempo quando se trata de construção civil. Porém, desde 2011, a empresa chinesa Broad Sustainable Building tenta derrubar esse mito ao colocar de pé, em apenas 15 dias, um prédio de 30 andares com 110 metros de altura. Situado na província de Hunan, no centro-sul da China, o edifício batizado de T30 abriga um hotel cinco-estrelas com a bandeira Ark Hotel.

A conclusão em um prazo tão pequeno se deve ao modelo construtivo que em muito se assemelha ao das redes de fast-food. Todos os ingredientes – no caso, estruturas metálicas, paredes e janelas – são pré-fabricados pelo grupo Broad. Com isso, os blocos de concreto já chegaram ao canteiro de obras com as instalações hidráulicas e elétricas integradas à sua estrutura. Coube ao time final somente unir as partes e fazer as conexões. Foi exatamente essa etapa que foi concluída em duas semanas. Isso, porém, não tira o brilho do empreendimento nem torna a obra menos complexa.

Até porque a edificação possui um elevado nível de sofisticação, pois seguiu as regras das construções sustentáveis. Segundo a Broad, o empreendimento é cinco vezes mais eficiente energeticamente que um prédio convencional erguido naquele país, além de gastar seis vezes menos em quantidade de cimento utilizado. As janelas isolam o calor dos quartos, melhorando o desempenho do sistema de ar condicionado. O ar interno também seria 20 vezes mais puro que o externo por causa de um sistema de filtragem tripla. Dois motivos explicam o porquê de tanto cuidado com as condições ambientais. Um deles é o alto índice de poluição nas grandes cidades chinesas.

O outro diz respeito às origens da própria construtora. O grupo Broad, controlado pelo bilionário Zhang Yue, entrou no negócio de engenharia há três anos. No entanto, já possui uma longa trajetória na produção de equipamentos de ar condicionado, que são exportados para 60 países. Sua primeira empreitada na construção foi em 2010, quando a Broad finalizou um prédio de 15 andares em seis dias (confira o vídeo abaixo). Um feito que foi usado como exemplo por Felipe Calderón, presidente do México e anfitrião da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, realizada em Cancún no início de 2011.

ConstRápida3

“Trata-se de uma revolução para o setor de habitação e arquitetura.” Um dos detalhes mais significativos em relação ao edifício foi o custo de construção: US$ 1,1 mil por m². Apenas para efeito de comparação, a Freedom Tower, que está sendo erguida no lugar do World Trade Center, de Nova York, deverá ter custo final de US$ 12 mil por m². O sucesso está fazendo com que Yue sonhe alto. A meta da Broad é construir uma megatorre de 666 metros de altura, usando a mesma técnica de produção rápida e econômica.

A rapidez e a simplicidade na construção fazem esse modelo de construção ser mais economicamente  viável, podendo espalhar-se pelo mundo em até duas décadas. Para os especialistas, a tecnologia poderá ajudar na rápida urbanização dos países em desenvolvimento e o uso massivo gerará significativo aumento comercial até 2020.

Com isso, ele espera ampliar sua musculatura em um dos setores que mais crescem no país asiático. No ano passado, foi iniciada a construção de nada menos que 200 edifícios com mais de 150 metros de altura na China. Caso esse ritmo seja mantido, as metrópoles chinesas deverão contar com mais de 800 arranha-céus em 2016. Os Estados Unidos, que abriram a safra mundial de megaedificações com o Empire State Building, na década de 1930, possuem 200 grandes prédios.

Planos mais altos 

A mesma empresa pretende construir o prédio mais alto do mundo em apenas 90 dias.

O Sky City será construído em Changsha, terá 220 andares e 838 metros de altura. Com isso, ultrapassará o Burj Khalifa de Dubai, que tem oito andares a menos e é considerado atualmente o maior do mundo.

Serão 19 mil trabalhadores na construção com peças pré-fabricadas. Os grandes blocos serão entregues aos construtores já prontos. Tudo isso para que a montagem seja concluída em apenas três meses. Portanto, o prédio seria levantado em uma taxa de cinco andares por dia. Confira o vídeo no Youtube: https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=MvX40RHW81w#at=11

A obra está prevista para começar em setembro. Estima-se que até o final do ano a construção já esteja pronta para receber moradores, trabalhadores e ambientes profissionais. Segundo a empresa, a estratégia pode ajudar a reduzir o consumo de espaço na China, que sofre com problemas de superpopulação.

original14-640x359 original1-640x349

A empresa pretende ainda replicar o projeto em várias outras localidades. Porém, ainda não há previsão para o início de outras construções parecidas.

Fonte: Clube House, Info Abril

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s