A Impressão em 3D: Desmistificada

Por Emerson Galdino Toledo Jr.

1

Há algum tempo, as chamadas Impressoras 3D tomaram espaço em todos os meios de comunicação, levando todos a pensar como seria criar réplicas, objetos, peças, e até armas dentro de casa. Informações essas que chegam cheias de mitos e verdades, e nesse post você saberá o que são as Impressoras 3D de fato.

Sim, tudo isso é incrível, e pode parecer um dos incríveis avanços do século XXI, mas a verdade é que o primeiro modelo sólido impresso aconteceu no ano de 1981 no Instituto de Pesquisa de Nagoya, no Japão, pelo pesquisador Hideo Konama. E o que está acontecendo atualmente é a popularização da impressão em 3D. Algumas empresas, como a MakerBot, estão diminuindo o preço dessas máquinas, que podem custar menos de R$3.000,00, tornando acessível para pequenas empresas, escolas, hospitais e até mesmo pessoas entusiastas.

Algumas fotos trazem réplicas perfeitas com detalhes incríveis, como esse eixo protótipo da empresa Supra Modeling 3D, que possui trabalhos impressionantes.

2

Mas é inevitável reconhecer que as expectativas em cima da impressão em 3D estão acima do que a tecnologia tem para nos oferecer hoje em dia. No caso do eixo, ele é feito de pó de gesso e tinta, o que não o torna funcional nem para consertar o carro de controle remoto.

Além disso, quanto maior o detalhamento oferecido, maior é o preço da máquina. Seria análogo a divulgar a tecnologia dos veículos automotores dizendo: “O Veículo Automotor pode chegar a 380 km/hora e carregar até 45 passageiros. Alguns modelos estão chegando ao mercado por menos R$ 25.000,00”. Sendo que um carro de Fórmula 1, ou um ônibus, são muito mais caros.

Nick Allen, que escreve para o GizModo e trabalha e trabalha com impressão em 3D, diz que o problema está com as expectativas criadas, e que o nome faz com que o processo pareça mais simples do que é. “O nome ‘Impressão 3D’ faz parecer que é fácil, não? Você acha que se ainda fosse chamado de ‘prototipagem rápida’ as pessoas diriam ‘Estou ansioso para prototipar rapidamente na minha casa’?”.

Esse processo ainda está em desenvolvimento. A baixa resistência e o acabamento rugoso, devido à impressão por camadas, podem ser minimizados com uma nova técnica de impressão. Assim como a baixa velocidade do processo, que não pode ser aumentada devido às propriedades químicas do plástico ABS e poliéster, mas pode ser aumentada com o desenvolvimento de outras matérias-primas.

Agora você deve estar pensando: “Mas não existe nada de revolucionário?”. Claro que existe, inclusive para a Engenharia Civil. As maquetes arquitetônicas já podem ser impressas sem nenhum desafio tecnológico. Como é o caso dessa maquete impressa em uma Projet 660 Pro pelo Grupo SEA:

3

Mas já pensou em fazer a impressão de uma casa, de um prédio, ou de habitações na Lua? Tudo isso está sendo desenvolvido pelo italiano Enrico Dini. Em 2007, a máquina desenvolvida por Dini foi testada pela Agência Espacial Europeia como possível forma de criar habitações na Lua. E todo esse potencial se torna claro no documentário “O Homem que Imprime Casas”.

Garantir que a impressão em 3D será uma tendência do futuro depende do poder criativo e inovador das empresas que investem nesse setor. Sem dúvidas, o potencial é gigantesco e o desenvolvimento se dará de forma veloz. E por mais que opinemos sobre o futuro das impressões, sempre seremos surpreendidos pela maravilhosa mente humana, que se sempre se adaptou às dificuldades de implementação.

Para mais informações, assista ao vídeo do canal, explicando o processo de impressão: http://www.youtube.com/watch?v=BurEVEcR208

E aguarde aqui no Blog do PET Civil, em breve um post sobre o documentário “O Homem que Imprime Casas”, com tudo que o incrível italiano Enrico Dini tem desenvolvido na área da construção civil.

4

Anúncios

Um pensamento sobre “A Impressão em 3D: Desmistificada

  1. Pingback: “The Man Who Prints Houses” – O Homem Que Imprime Casas | PET Engenharia Civil - UFJF

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s