As 10 melhores faculdades de engenharia do mundo

quarta-universitaria4

As grandes companhias do ramo tecnológico que nos cercam atualmente (Apple, Google, Facebook, Microsoft, Intel) absorvem a maior parte da mão de obra altamente qualificada proveniente das mais conceituadas escolas de engenharia. O site Business Insider classificou as 50 melhores do mundo, entre elas, majoritariamente americanas, destacaram-se Berkeley, Yale, Cal Tech, MIT. O ranking também conta com a participação de instituições da Inglaterra, Índia, do Canadá e Israel, que oferecem centros de pesquisas notáveis, como Oxford, Universidade de Mumbai e a Universidade de Toronto. Abaixo, as Top 10 no ranking mundial:

10. Princeton

A escola de engenharia e ciências aplicadas de Princeton conquistou 3,35 pontos. A instituição possui um corpo docente de 103 professores e pouco mais de 1.500 alunos matriculados.

No ranking de principais empregadores de profissionais formados na instituição Google, Microsoft e IBM lideram a lista.

9. Harvard

A escola de engenharia e ciências aplicadas de Harvard conquistou 3,65 pontos. Fundada em 1847, a escola possui 956 alunos matriculados nos programas de graduação e pós.

No ranking de principais empregadores de profissionais formados na instituição Google, Microsoft e IBM lideram a lista.

8. Georgia Tech

A faculdade de engenharia da Georgia Tech pontuou 3,38 pontos no ranking. A escola possui oito unidades . Entre seu corpo docente, 27 professores são membros da Academia Nacional de Engenharia.

Principais empregadores de profissionais formados na instituição IBM, Intel e Cisco Systems lideram a lista.

7. Cornell

A faculdade de engenharia da Cornell University pontuou 3,43 pontos no ranking. A escola possui mais de 4,6 mil alunos matriculados, 62 programas de engenharia nos mais diferentes níveis e 450 disciplinas.

Principais empregadores de profissionais formados na instituição, IBM, Google e Microsoft lideram a lista.

6. Carnegie Mellon University

O braço de engenharia do instituto de tecnologia da Carnegie Mellon University pontuou 3,77 pontos no ranking da Business Insider. Em média, um aluno de engenharia biomédica recebe cerca de 60,4 mil dólares por ano após sair da escola.

No ranking de principais empregadores de profissionais formados na instituição, Google, Microsoft e IBM lideram a lista.

5. University of California Berkeley

Berkeley pontuou 4 pontos. A escola de engenharia da Universidade de Califórnia – Berkeley possui 208 professores em seu corpo docente, mais de 56 mil ex-alunos e, atualmente, 26 tipos diferentes de projetos extracurriculares de engenharia.

No ranking de principais empregadores de profissionais formados na instituição, Google, Cisco Systems e Oracle lideram a lista.

4. Rensselaer Polytechnic Institute

A escola de engenharia do Rensselaer Polytechnic Institute cravou a nota 4,16. A escola, que fica em Nova York, possui uma média 3,7 mil alunos, 12 centros de pesquisa e 30 cursos.

No ranking de principais empregadores dos alunos formados na instituição, IBM, Cisco e Intel lideram a lista.

3. Stanford

Stanford pontuou 4,2. Ao todo, a escola de engenharia de Stanford possui 65 laboratórios e centros especializados. Possui uma média de 3,2 mil alunos matriculados nos programas de graduação e 241 docentes.

Principais empregadores: Google, Cisco System, Facebook, HP, Apple, Oracle, Microsoft e IBM.

2. Massachusetts Institute of Technology

“Se você deseja mudar o mundo, realmente mudar o mundo, seja um engenheiro”. Frase dita pelo reitor da unidade Ian Waitz, dá um pouco do tom da instituição.

A unidade levou nota 4,38. Ao todo, a escola possui 25 professores laureados pela American Academy of Arts and Sciences. Seus principais empregadores são: Google e Microsoft.

1. California Institute of Technology

O departamento de engenharia e ciências aplicadas do California Institute of Technology recebeu nota 4,65. A escola, que foi fundada em 1891, tem mais de 13 mil ex-alunos e 32 vencedores do prêmio Nobel. Segundo o levantamento da Business Insider com base em dados do LinkedIn, o Google e a Intel são os principais empregadores dos ex-alunos da escola.

Colaboração: Humberto Lomeu

Fonte: Exame, Business Insider

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s