Linguagem corporal – dicas para uma entrevista de emprego

quarta-universitaria4
Ao se preparar para uma entrevista de emprego os candidatos geralmente preocupam-se com o que falar ou o que vestir. É claro que esses são aspectos importantes, porém, os entrevistadores também estão atentos a outros sinais por meio dos quais os candidatos inconscientemente demonstram algumas características. Segundo estudos, apenas 7% das informações que passamos são transmitidas verbalmente os outros 93% se dividem entre tom de voz (38%) e linguagem corporal  (55%). Este fato é chamado de a regra 7-38-55, que surgiu com base nas pesquisas do professor de psicologia Albert Mehrabian, da Universidade da Califórnia, ainda na década de 60.

Assim, os entrevistadores são profissionais preparados para perceber estes sinais e a utilização correta da linguagem corporal pode ser fator primordial na realização de uma boa entrevista. Afinal, enquanto você pode estar dizendo as coisas certas, seu corpo pode estar dizendo totalmente o oposto. Veja a seguir algumas dicas sobre como passar uma boa impressão por meio de sinais que muitas vezes nem notamos.

entrevista

1. Transmita uma primeira impressão de confiança

Alguns dizem que os empregadores podem reconhecer o candidato certo em apenas 30 segundos, apenas avaliando a linguagem corporal. Por isso, entre no local da entrevista demonstrando confiança, mas sem ser arrogante.  Cumprimente o entrevistador com um aperto de mão firme mas cuidado, firme não deve ser entendido como esmagador, o aperto de mão  adequado deve transmitir confiança, não de maneira agressiva nem mesmo frágil demais o que pode causar uma impressão ainda pior.

2. Evite tocar o rosto

Tocar o rosto é um hábito da grande maioria das pessoas, mas isso deve ser evitado, ao menos durante a entrevista. Evite principalmente tocar o nariz e os lábios e apoiar o rosto com as mãos pois estes sinais são frequentemente associados à nervosismo. O gesto de tocar o nariz, também é visto por algumas pessoas como um sinal de desonestidade. Além disso, lembre-se que ao final da entrevista vocês trocarão outro aperto de mão, e não será agradável se você tiver passado a última meia hora com as mãos próximas à boca.

3. Não fique com as pernas trêmulas

Balançar as pernas pode até ser uma mania para algumas pessoas e pode acontecer em diversas circunstâncias, principalmente enquanto estamos distraídos é comum movimentarmos os pés e as pernas. Os motivos podem ser nervosismo, síndromes ou simplesmente mau hábito. Fique atento ao longo do dia quantas vezes você realiza movimentos desse tipo, e se policie para não repeti-los durante uma entrevista. Caso contrário a mensagem que você estará passando será bem clara: “Estou nervoso e não vejo a hora de sair daqui”, o que é claro, nenhum entrevistador gostará de perceber. Um bom posicionamento das pernas pode ser mantê-las ligeiramente afastadas que é tido como um sinal de receptividade.

4. Não cruze os braços

Este é, com certeza, um dos maiores clichês que encontramos quando o assunto é linguagem corporal. E há uma boa razão para isso, quando você cruza os braços você está dizendo que está fechado, na defensiva ou mesmo entediado. Não importa o quão confortável você se sinta nessa posição, em uma entrevista você não irá querer demonstrar um dos sinais corporais mais negativos na frente de um potencial empegador.

5. Não sente-se tão ereto nem tão desleixado

 Manter a postura correta é provavelmente é um dos aspectos mais complicados de ser disciplinado.  A postura ideal deve ser neutra, resumindo-se a sentar de “maneira correta”, apesar de simples, seguir essa dica pode não ser tão fácil para todos. Uma postura demasiadamente ereta transmite a impressão de tensão, se você já se sentou próximo a alguém com uma postura assim, deve ter percebido que é até mesmo difícil relaxar próximo a ela, o que pode deixar as pessoas ao redor incomodadas. Mas, é claro, não sente-se extremamente relaxado, ou parecerá desleixado e preguiçoso. Outra importante dica é não se sentar na beirada do assento, esse gesto indica impaciência e julgarão que você não vê a hora de se levantar para ir embora.

6. Mantenha suas coisas guardadas

Você provavelmente estará com as mãos ocupadas ao entrar na sala. Isso pode ser inevitável, ainda mais se estiver indo de uma entrevista para outra. Sempre que possível coloque todos seus utensílios em uma bolsa ou pasta. Assim, ao ser chamado você poderá levantar-se e dirigir-se ao local sem complicações. Se suas coisas estiverem desorganizadas você será visto como atrapalhado e despreparado.

7. Mantenha contato visual

Este ponto não deve ser interpretado tão literalmente, é importante lembrar que contato visual é diferente de encarar. Assim como as demais dicas, é preciso agir naturalmente. Olhar nos olhos do entrevistador de maneira fixa vai deixá-lo desconfortável, por outro lado, o olhar também não pode se manter vago pela sala, o que é um indicativo de desinteresse. Segundo a perita em linguagem corporal, Janine Driver, a intensidade de contato visual ideal é 60%. Deve-se olhar para o triângulo do rosto, formado pelo espaço entre as sobrancelhas passando pela ponte do nariz, e nunca se deve fixar o olhar na boca. Se houver mais de uma pessoa presente, divida o olhar para todas.

8. Cuidado com as mãos!

Com tantas dicas sobre o que não fazer, pode ser difícil encontrar uma posição confortável, o que fazer com as mãos, por exemplo? Se você costuma gesticular enquanto fala é preciso prestar atenção, os gestos podem ser grandes aliados mas é preciso saber usá-los a seu favor.  Gesticular naturalmente é um aspecto favorável, podendo facilitar o encadeamento das ideias, mas exageros e gestos repetitivos devem ser evitados. Mark Bowden, autor do livro “Winning Body Language” sugere que os gestos se concentrem   no “plano da verdade”, que seria a região que e estende por 180 graus  a partir do umbigo terminando logo abaixo da clavícula. Ao concentrar os gestos nessa área, você  manterá suas mãos longe do rosto. Para aqueles que não se sentem confortáveis mexendo as mãos, uma boa opção é deixar as palmas das mãos voltadas para cima, um sinal de receptividade.

9. Evite assentir excessivamente

Muitas pessoas acreditam que assentir, concordando com tudo que o entrevistador está dizendo transmitirá uma boa impressão, o que não é verdade. Não há problema em assentir quando você realmente concorda com o que está sendo dito. Mas, deve-se evitar exageros pois assentir em concordância com tudo dará a ideia de que você está indiferente ao que está sendo dito.

10. Mantenha a distância adequada

Na maioria das entrevistas você e o entrevistador estarão sentados em lados opostos da mesa, mas você pode alterar esta dinâmica por meio da linguagem corporal, o que pode ter uma repercussão boa ou não. Se você mantiver sua cadeira ligeiramente afastada da mesa, estará aumentando a distância entre você e o entrevistador, sugerindo nervosismo e desconfiança. Da mesma forma, se você aproximar a cadeira de forma exagerada, sufocando entrevistador, pode estar demonstrando que tem algo a esconder. A dica então é manter uma distância confortável para ambos. Inclinar-se um pouco para frente também transmite a ideia de que você tem interesse pelo que ele está dizendo. As regras são as mesmas se não houver mesa entre vocês.

Lembrar-se de todos estes sinais pode parecer difícil porém ao praticá-los você se lembrará quais devem ser evitados. Na dúvida aja com naturalidade, atitudes forçadas também não farão surtir resultados.

Fontes: UOL, WiseBread

Anúncios

Um pensamento sobre “Linguagem corporal – dicas para uma entrevista de emprego

  1. Pingback: Oratória e a arte de convencer | PET Engenharia Civil - UFJF

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s