Sindicato de Engenheiros no Estado de Minas Gerais

O SENGE-MG (Sindicato de Engenheiros no Estado de Minas Gerais) foi criado em 25 de agosto de 1947 a partir da fusão dos sindicatos de engenheiros de Minas, Civis e Arquitetos, Engenheiros Eletricistas e Engenheiros Industriais e Mecânicos existentes até então. É uma entidade autônoma, desvinculada do Estado, sem fins lucrativos, constituída para fins de coordenação, defesa e representação dos engenheiros e engenheiras em todo o Estado.

O sindicato objetiva melhorar as condições de vida e de trabalho de seus representados e para tal, procura articular e expressar seus interesses e reivindicações.

Ações que desenvolve:

  • Defende os direitos e interesses individuais ou coletivos da categoria, inclusive como substituto processual em questões judiciais e administrativas.
  • Celebra acordos, convenções e contratos coletivos de trabalho, suscita dissídio coletivo de trabalho e protestos judiciais.
  • Representa a categoria em congressos, conferências e encontros de qualquer natureza, e perante autoridades administrativas e judiciais.
  • Promove e estimula a organização dos engenheiros nos locais de trabalho e regiões.
  • Desenvolve atividades na consecução de soluções para os problemas de interesse dos profissionais representados, inseridos no contexto do interesse geral da sociedade.
  • Promove ampla e ativa solidariedade com as demais categorias de trabalhadores.
  • Luta pela defesa das liberdades individuais e coletivas, pelo respeito à justiça social e aos direitos fundamentais do homem;

O Sindicato é filiado à Central Única dos Trabalhadores (CUT) e associado ao Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (DIEESE). Participa, também, do Colégio de Entidades do Crea-MG.

Durante toda sua atuação, o SENGE relacionou sua participação sindical aos movimentos políticos, resistindo a períodos de crise como a época da Ditadura Militar durante a qual nenhum engenheiro se filiou ao sindicato. Dentre as principais ações do sindicato podemos destacar sua participação na elaboração da lei 4950-A/66, em 1964, que estabeleceu o Salário Mínimo Profissional para a categoria.

O SENGE disponibiliza diversas oportunidades para os engenheiros e estudantes da área, oferecendo por meio de parcerias com instituições de ensino diversos cursos de qualificação profissional. Além disso, também há um espaço para cadastramento de currículos, de forma a ajudar os profissionais e futuros profissionais a encontrar novas possibilidades de trabalho ou estágio.

O grupo PET Civil, agradece ao SENGE, especialmente ao engenheiro João Vieira de Queiroz Neto, diretor regional administrativo do SENGE, que nos recebeu durante a visita.

Anúncios
Postado em Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s