Concentração, como melhorar seu desempenho

A dificuldade de concentração é, sem dúvida um dos maiores problemas para grande parte dos estudantes. Mas, embora algumas pessoas tenham mais facilidade para se concentrar, todos podem aumentar essa capacidade por meio de medidas simples. A concentração está diretamente ligada ao aprendizado e à memória, por isso, conseguir manter o foco é essencial para um bom rendimento nos estudos.

Processo de memorização

Para memorizar, é preciso passar por quatro etapas: atenção, compreensão, armazenamento e resgate.

Para ter uma boa atenção é preciso concentrar-se na atividade, nosso cérebro é capaz de realizar diversas atividades simultaneamente, mas escolhe apenas uma por vez para ser a prioridade. Por isso, para memorizar é importante que a atividade que você quer armazenar seja o alvo daquele momento. A dica para isso funcionar é, enquanto você estiver fazendo algo que seja importante, não tentar fazer outras coisas ao mesmo tempo.

São tantas as informações que recebemos diariamente, que nosso cérebro precisa fazer uma seleção do que é importante, ou seja, de tudo aquilo que estudamos, nem tudo irá se transformar em memória de longo prazo. Isto vale não apenas para os estudos, mas também para as experiências vivenciadas. Por isso é importante, após compreender a matéria fazer uma revisão para que a informação seja, posteriormente lembrada com mais facilidade.

Tipos de memória

Há três tipos de memória: a visual, a auditiva e a sinestésica, e cada pessoa tem mais facilidade com uma delas. Se você, por exemplo, se lembra com mais facilidade de imagens, rostos, cores, roupas, de “fotografias” que seu cérebro tira das situações, você tem uma memória mais visual.

Descubra qual método funciona mais para você e invista nele na hora dos estudos ou do trabalho! No caso da memória visual, faça gráficos, esquemas, ilustrações. Já se sua memória for mais relacionada à audição, preste atenção à fala do professor, e estude a matéria em voz alta.

Déficit de atenção

Em alguns casos a falta de atenção pode realmente ser um problema, se for excessiva pode ser um sinal de TDAH, ou Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade, que acomete cerca de 4% dos adultos em todo o mundo. Mas é preciso estar atento e saber diferenciar a doença e não confundi-la com pessoas agitadas. Esteja atento a sintomas como: distração: dificuldade de concluir raciocínios, movimentação constante, impaciência e impulsividade.

Dicas para melhorar a concentração

– Livrar-se da poluição sonora e visual é o primeiro passo para harmonizar o ambiente e potencializar a capacidade de estar atento a alguma informação. Para quem estuda ou trabalha em casa, é fundamental ter um espaço isolado de barulhos externos e informações visuais que possam tirar a concentração.

– Durma bem, não adianta virar a noite estudando e passar o dia seguinte desatento. O cérebro utiliza o período da noite para fixar as informações aprendidas durante o dia, uma noite de sono de pelo menos 8 horas é essencial.

– Coma bem, os neurônios precisam de glicose e oxigênio para funcionar, por isso é importante uma dieta bem balanceada, que fornece os nutrientes nas quantidades adequadas. Existe uma vitamina que é fundamental para o funcionamento do nosso cérebro e da memória, que é a vitamina B12, proveniente dos derivados de animais e encontrada em alimentos como carne, leite, ovos, queijo e iogurte.

– Faça atividade física, o exercício físico faz nascerem neurônios no hipocampo, a região responsável pela memória. É como se ele aumentasse o tamanho da nossa “gaveta” de armazenar informações. Além disso, quem faz exercício melhora a capacidade vascular e a irrigação sanguínea do cérebro, prevenindo AVC’s, por exemplo. O exercício também faz o corpo liberar prolactina, um hormônio que tem ação calmante, e endorfinas, que colaboram para o aumento do prazer. Ao usar os músculos, as atividades físicas reduzem a tensão e o corpo relaxa – o que faz bem para o cérebro.

Fontes: Guia do estudante, G1, Colégio Web

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s