Etiqueta Corporativa – Parte 3 – Internet

Continuando nossas dicas sobre Etiqueta Corporativa – Parte 1 e Parte 2 – seguem agora novas sugestões de como se comportar frente a problemas que surgem no meio ambiente de trabalho, seja ele uma empresa, comércio ou universidade.

As regras de etiqueta não foram criadas instantaneamente por alguma pessoa ou entidade e seu cumprimento não é obrigatório ou fiscalizado. Pelo contrário, a etiqueta corporativa foi criada pela sociedade, ao longo dos anos, e representa um conjunto de boas maneiras que, juntamente com o seu conhecimento técnico, fará de você um profissional valorizado no mercado.

A etiqueta está em todos os lugares, e serve para absolutamente todas as situações. E com a Internet não seria diferente. A rede mundial de computadores comporta as mais diversas culturas, raças, gêneros, profissões, idades… Em meio a tanta diversidade, como descobrir um código comum, que permita transmitir perfeitamente sua mensagem e ser compreendido? Também chamados de “Netiqueta”, os bons costumes na Internet já vieram praticamente juntos com ela.

Dicas de etiqueta para emails

Em primeiro lugar, observe para quem você está enviando o seu e-mail. A linguagem deve ser a mais adequada possível ao seu destinatário. Se for algo extremamente formal, lembre-se de usar os termos adequados à situação, como “Caro Sr Moreira”, por exemplo.

Não seja rude: coloque alguma saudação no início do email, como um breve cumprimento — um “Olá” não faz mal a ninguém. Escreva certo, pois é assim que as pessoas verão você enquanto leem a sua mensagem. E não se esqueça de uma assinatura ao fim. Um “Obrigado” ou “Atenciosamente” caem bem à situação.

Além disso, evite usar caixa alta, pois dá a impressão de estar gritando. Use opções de texto mais sutis, deixando palavras em negrito ou sublinhadas. E, acima de tudo, se a pessoa não gosta de receber emails cheios de slides e piadas, evite.

Outras dicas importantes:

  • E-mail é muito menos formal do que uma carta escrita. E-mails são normalmente curtos e concisos.
  • Ao escrever para alguém que você conhece bem, sinta-se livre para escrever como se estivesse falando com a pessoa.
  • Inclua um número de telefone para a assinatura do e-mail. Isto dará ao destinatário a oportunidade de telefone, se necessário.
  • Ao responder, elimine toda a informação que não é necessária. Isso vai poupar o seu tempo do leitor ao ler seu e-mail.
  • Veja mais em Guide to Basic Business Letters(em inglês)

Dicas de etiqueta em redes sociais

Nas redes sociais, como Twitter, Facebook e MySpace, o mais importante é respeitar os usuários. Identifique-se ao adicionar alguém. Ao deixar mensagens e recados para as pessoas, evite propagandas e montagens escandalosas e não se esqueça de usar o português correto.

Cuidado com o conteúdo do que você posta! Muitas vezes, uma vez publicado, o que foi escrito não pode ser apagado antes que  as pessoas vejam.


A demissão do jornalista Felipe Milanez, da revista National Geographic, devido a críticas feitas por ele à revista Veja via Twitter, acendeu o sinal de alerta nos usuários do microblog. As empresas podem demitir um colaborador caso considerem que a postura dele nas redes sociais é inadequada aos padrões da organização. Por isso, fique atento:

  1. Não aborde questões internas da empresa. Saiba diferenciar o pessoal do profissional.
  2. Que fique claro: o redes sociais são um ambiente público. A grande  visibilidade do Twitter, por exemplo, amplifica a repercussão do que é escrito.
  3. Evite colocar seu cargo na empresa para a qual trabalha. Uma vez que a sua empregadora se julgar atingida por sua postura nas redes sociais, ela pode demiti-lo. Portanto, se o seu perfil não for criado especificamente com a intenção de ser corporativo, é melhor não se apresentar como profissional de uma companhia. (Isso não vale para a rede LikedIn, que foi criada para unir profissionais)
  4. Evite falar mal das empresas concorrentes. Isso pode criar uma saia justa na organização – uma palavra sua pode ser vista como uma visão da companhia.
  5. Cuidado com comentários sobre temas polêmicos. As redes sociais são um meio excelente para difundir informação e troca de opiniões sobre diversos assuntos. Mas é sempre bom tomar cuidados com comentários de temas espinhosos como religião, política e opções sexuais.

Como foi dito anteriormente, o principal é ter respeito pelo próximo e pela sua empresa ou instituição.

Um caso interessante que já ocorreu no meio acadêmico foi quando um certo aluno de uma certa universidade federal postou em seu mural no Facebook a seguinte frase: “Congresso essa semana! 1 dia de apresentação e 5 dias de cerveja!”. Acontece que esse aluno estava viajando com verbas da universidade, destinadas exclusivamente para o seu desenvolvimento acadêmico. Essa mensagem chegou ao conhecimento do diretor da instituição de fomento. Imediatamente as verbas para a viagem foram suspensas. E o tal aluno não teve nem dia de apresentação, nem dia de cerveja.

Por isso, fiquem atentos, caros leitores, na hora de postar fotos ou emitir sua opinião em público: o que foi postado está registrado.

Fontes: Tecmundo, IDG Now!

Anúncios

Um pensamento sobre “Etiqueta Corporativa – Parte 3 – Internet

  1. Pingback: Diário de Bordo – A importância do Networking « PET Engenharia Civil – UFJF

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s