No Aperto

Economia, falta de espaço ou design? Veja hoje casas minúsculas que ficaram famosas ao redor do mundo. O interessante é o valor de mercado de cada uma delas. Certamente esses imóveis se adequam ao ditado: “tamanho não é documento”.

Arquiteto japonês cria casa em minúsculo espaço de terreno

Alguém já disse que a necessidade é a mãe da invenção. Quando nos referimos ao Japão, a necessidade é fazer com que vários produtos e serviços não disputem com a população, de alto poder aquisitivo, o exíguo espaço territorial do país.

Estamos falando de um País com densidade populacional de 330 pessoas por Km², são 125 milhões de pessoas vivendo em uma área equivalente à menos de 5% do território brasileiro que abriga 188 milhões. Quando você considerar estes números, considere também que o país tem uma geografia muito montanhosa.

Com isso, o preço dos terrenos no Japão é absurdamente alto, fazendo com que qualquer pedaço de chão seja muito bem utilizado. Têm origem, então, obras em miniatura capazes de nos deixar surpresos. Um bom exemplo disso é a criação do arquiteto Kota Mizuishi. Em um minúsculo pedaço de terreno, ele ergueu uma casa completa, com direito a cozinha, banheiro, quartos e sala de jogos. Tudo isso avaliado em US$ 200 mil.

 

Casa mais estreita de Nova York

Um homem anunciou recentemente que colocou à venda a casa mais estreita de Nova York, com apenas 2,90 metros de largura, pela bagatela de US$ 4,3 milhões. A residência tem três andares e sete cômodos.

A casa magrela foi construída em 1873 no espaço que era apenas um beco e suas curtas dimensões não são toda a razão de sua fama. Vários famosos já viveram aqui com o passar dos anos, incluindo Cary Grant, John Barrymore, and the poet Edna St. Vincent Millay.

“Todo mundo em Nova York queria aproveitar ao máximo o espaço que tinham, então eles espremeram esta casa entre as duas que já haviam aqui”, explica o corretor sobre a origem do imóvel. Veja aqui a reportagem em vídeo, em inglês.

Menor casa que se tem notícia

A menor casa de que se tem notícia no mundo foi avaliada em 110 mil libras, cerca de R$ 297 mil. Atração turística em Toronto, no Canadá, a residência ocupa um terreno de dois metros de frente por 14 metros de profundidade. (28 m²)

Foto: Barcroft USA/Getty Images

A “Casa Pequena”, como ficou conhecida, foi construída pelo inglês Arthur Weeden, em 1912, e reformada desde então. Hoje, a residência conta com três dormitórios e uma banheira em tamanho natural.

Fontes: CyberVidaColunistas – IG, G1, G1(2), Hooked on Houses

Anúncios

3 pensamentos sobre “No Aperto

  1. Pingback: Melhores Posts do Setor Imobiliário – 18 a 24/11 | Blog.VivaReal.com.br |

  2. Pingback: Você Sabia?? – Parte 2 « Pet Civil – UFJF

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s