Desabamento de Prédios – Parte 1

No Rio de Janeiro

Um prédio de 3 pavimentos desabou na tarde de segunda-feira(18/04/11) em São João do Meriti, na Baixada Fluminense . O desabamento ocorreu 10 minutos após uma vistoria seguida de evacuação feita por oficiais da Defesa Civil do município. Segundo o coordenador do órgão, major Alexandre Silveira, o grupo foi chamado depois que moradores ouviram estalos em um dos pilares da edificação, na qual havia um mercado, na parte térrea, e oito apartamentos, ao todo, nos dois pisos restantes. Não houve feridos.

O laudo técnico preliminar da Defesa Civil municipal de São João de Meriti (RJ) apontou que “todas as colunas” da parte traseira do prédio estavam comprometidas. Conforme informações de Silveira, o laudo pericial será entregue à secretaria de Obras do município para que sirva de subsídio ao levantamento de documentos referentes à construção.

As causas do esmagamento dos pilares, por exemplo, estarão nessa etapa posterior de análise do acidente. “Pode ser desde excesso de carga ou falha no método construtivo, inexistência de análise do solo na área antes que o prédio fosse construído e mesmo agentes externos, o que achamos pouco provável”, disse o oficial.

A Defesa Civil fará hoje um laudo técnico preliminar que será entregue à secretaria de Obras do município para adoção de providências. “Não sabemos o método de construção utilizado, mas com certeza o prédio caiu por colapso estrutural: havia um pilar que estava quebrando, e que, quando vergou, o restante veio junto”, afirmou o major.

Além dos moradores do prédio, foram retiradas também pessoas que moravam em oito residências da vizinhança. As casas ainda estão interditadas porque, com parte dos escombros do prédio sobre algumas delas, não está completamente afastada a chance de novos desabamentos.

Fonte: G1, Uol Notícias

Em Belém

Um edifício de 32 andares em construção desabou por volta das 14h dia 29 de janeiro de 2011 em Belém, capital do Pará. O edifício denominado Real Class estava sendo construído pela empresa Real, com dois apartamentos por andar destinados à classe média alta.

Erro no cálculo estrutural e uso de material inadequado na obra. Essas foram as causas oficiais do desabamento do edifício Real Class, segundo relatório da perícia do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves. O resultado deve servir de prova importante para o inquérito aberto na Polícia Civil para investigar os culpados pela queda do prédio, que causou a morte de três pessoas.

Segundo o perito Dorival Pinheiro, que coordenou os trabalhos do CPC, houve erro “no projeto, com falha na concepção do sistema estrutural, erro na escolha do modelo matemático (usado para avaliar e monitorar a obra) e no dimensionamento e detalhamento dos estribos dos pilares da obra”. Os estribos são ferros retorcidos que servem para “amarrar” as colunas de ferros usados nos pilares de sustentação do prédio.

Além disso, foi detectado que a bitola (diâmetro) do ferro era menor que o recomendado nos dois pilares centrais do prédio. Os pilares de ferro deveriam ter pelo menos 5mm, mas tinham 4,2mm.

Dorival concluiu que houve “falhas na concepção do sistema estrutural e que o prédio não deveria ter 34 andares”.

Outro ponto importante na investigação dos peritos foi o fato de que eles descartaram a ação do vento, que foi considerado como principal fator da queda da estrutura no laudo emitido por engenheiros ligados ao Curso de Engenharia Civil da UFPA. A análise dos peritos foi toda feita com os indícios e materiais coletados no local do acidente.

Fonte: Folha.com (Foto), Diário do Pará

Veja mais sobre o assunto na próxima parte deste artigo. Quais são as causas mais comuns de desabamento de prédios? Qual a freqüência com que isso ocorre no Brasil? Quais são os riscos a que estamos sujeitos todos os dias?

Anúncios

2 pensamentos sobre “Desabamento de Prédios – Parte 1

  1. Pingback: Melhores Posts do Setor Imobiliário – 15 a 28/04 | Notícias sobre o mercado imobiliário brasileiro

  2. Pingback: Desabamento de prédios no Centro do Rio « Pet Civil – UFJF

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s