Construtoras & Inovações

Depois de assistir a essa reportagem que foi ao ar dia 27 de janeiro, no Jornal Nacional, é que começamos a pensar como o Boom no mercado de construção civil está se virando com o número limitado de mão de obra especializada…

Veja:

Economia de tempo e material

 

Interessadas em aproveitar ao máximo o bom momento econômico, as construtoras têm apostado em novos processos para reduzir custo, acelerando o ciclo produtivo para ganhar escala sem perder em qualidade. O desenvolvimento de novas tecnologias nessa área ganhou força no segundo semestre do ano passado com a maior demanda gerada pelo programa ‘Minha Casa, Minha Vida‘. Aliando praticidade e rapidez a uma gestão mais ativa em todas as etapas do projeto, algumas empresas já conseguiram reduzir seu ciclo de produção quase pela metade.

Para o sócio-diretor da BKO Engenharia e vice-presidente de Tecnologia e Qualidade do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (Sinduscon-SP), Maurício Bianchi, a evolução da indústria começa pela gestão. ‘Estamos mais produtivos, reduzindo desperdícios e adotando critérios de desempenho. O Brasil deve se orgulhar, pois, mesmo sem investir na pesquisa e desenvolvimento, não perde para ninguém em termos de construção.‘

Bianchi observa que, na BKO, por exemplo, o tempo de construção de um metro quadrado, que em média demorava 42 horas quinze anos atrás, hoje chega a menos de 36 horas. Essa redução, além de representar um retorno mais rápido do investimento para as construtoras, significa menor dependência da mão de obra e ganho de produtividade.

 

Paredes pré-moldadas

Entre os processos construtivos que ganharam uma ‘roupagem diferente‘ do padrão e contribuem para acelerar o ciclo da obra, o representante do SindusCon cita o uso de paredes pré-moldadas, paredes de concreto moldadas no local, telhados tradicionais montados sobre estruturas metálicas leves e paredes secas tipo drywall. Os especialistas também chamam a atenção para os aditivos desenvolvidos ao longo das últimas três décadas que, não apenas melhoraram a aplicação do concreto mas, trouxeram um conforto enorme para o usuário final, com melhores características térmicas e acústicas. Segundo Bianchi, no Brasil a ausência de investimentos em pesquisa e desenvolvimento é compensada, em parte, pela criatividade.

Outro avanço diz respeito ao uso das formas de alumínio, que podem ser reaproveitadas mais de 1.000 vezes. Seu uso, que tem sido viabilizado na última década, traz benefícios constantes para o ciclo construtivo. Além de ser mais leve e não enferrujar, esse produto exige menos manutenção e menos operários. No processo é utilizado um desmoldante à base de água, que facilita a retirada da forma após a secagem do concreto e permite aderência do acabamento posterior.

A economia do custo final de execução do metro quadrado com a tecnologia de forma de alumínio é ligeiramente inferior a do processo tradicional, mas a economia com a mão de obra é significativa. Em um projeto de casas populares tradicional, por exemplo, construído a partir do método de alvenaria estrutural, o prazo médio de execução para 500 unidades é de 14 meses. Com o processo de forma de alumínio e parede de concreto, o prazo de execução cai para 3 meses.

Fonte Jornal Cruzeiro do Sul (editado);

Via: Blog SH

Mais informações sobre formas de alumínio: Artigo Blog SH

 

Atraindo novas idéias

 

A criatividade ganhou incentivos maiores dentro das empresas imobiliárias. Para motivar funcionários, clientes e até mesmo internautas a sugerir formas de aprimorar os negócios, as empresas criaram sistemas de premiação de boas ideias. Embora o objetivo seja o mesmo, as iniciativas não são homogêneas. Cada empresa está inventando suas próprias ferramentas para estimular as novidades.

A Tecnisa saiu na frente ao ser uma das primeiras a reconhecer o potencial das mídias sociais. Para desenvolver o projeto de adequação dos seus empreendimentos a pessoas idosas, a construtora interagiu no Orkut com comunidades ligadas à terceira idade. Ao todo, a empresa recolheu 202 sugestões com os internautas, mas implementou duas delas nos seus empreendimentos: a adaptação da escada da piscina e o uso de um piso emborrachado no banheiro.

As experiências continuaram. A Tecnisa lançou um desafio em janeiro na comunidade Battle of Concepts, rede social exclusiva para universitários e jovens com até 30 anos, para recolher sugestões. A boa experiência nas chamadas plataformas de open innovation (sistemas em que as empresas abrem espaço para ideias para público externo) motivou a Tecnisa a lançar uma plataforma própria. O site Tecnisa Ideias entra no ar na próxima semana e vai propor desafios aos internautas, com oferta de prêmios para as melhores propostas.

Outras empresas do setor, como a BKO e a Even ampliamara recentemente o canal para receber sugestões. Mas diferentemente da Tecnisa, o foco dessas construtoras é estimular os funcionários e colaboradores a sugerirem inovações.

Com criatividade e planejamento de execução das novas idéias, construtoras vêem sua lucratividade aumentar; clientes são atraídos pelo meio inovador; funcionários têm seu reconhecimento, e o meio ambiente também leva sua cota dos benefícios implantados.

Via IG Economia

 

Anúncios

Um pensamento sobre “Construtoras & Inovações

  1. Ola estava assistindo essa riquissima reportagem sobre as tecnologias em maos de obras ai do brasil fiquei muito contente pois vai ajudar a melhorar a qualidade do trabalho futuramente .Eu moro aqui na Belgica (Europa) e trabalho com essas maquinas e vejo o quanto é bom dentro de uma construçao .Ja tenho 7 anos q trabalho aqui com reboco progetado e vejo o quanto ganhamos com essas maquinas,tenho muito conhecimento sobre essas maquinas e esse trabalho…enfim estou indo embora p o Brasil no mes de julho e gostaria de continuar com esse trabalho pois tenho diploma e curso da PFT. .Meu tel de contatos ai no Brasil é 00556233961129 .Moro em Itaguari Goias e estou disposto a trabalhar em qualquer regiao do Brasil .Agradeço por me responder.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s