Nova Rodovia Rio-Petrópolis – E vídeo Incrível sobre o projeto

Um projeto audacioso promete reduzir em 20 minutos o tempo de viagem e dar mais segurança aos cerca de dois milhões de motoristas que trafegam mensalmente no trecho Rio-Petrópolis da BR-040 (Rio-Juiz de Fora). A concessionária Concer duplicará 20km da pista de descida – a nova via será usada para a subida -, incluindo a abertura de um túnel de 5km, o maior do Brasil numa rodovia. A previsão é que obras comecem em março de 2011 e terminem até o fim de 2013, a um custo de R$ 670 milhões. A antiga subida será preservada e se transformará numa estrada parque, voltada para turismo ecológico, educação ambiental e o lazer.

Veja o infográfico sobre a obra

09_RIO_info_obra_petropolis.jpg (653×636)

– O projeto vem ao encontro das necessidades do Rio para a Copa de 2014 e as Olimpíadas. Uma solução que vai beneficiar muita gente, com segurança e rapidez – diz o presidente da Concer, Pedro Jonsson.

Em fase de elaboração do projeto executivo, a obra só depende da licença ambiental. A duplicação começará no Km 102, em Xerém, e terminará próximo à Rodoviária de Petrópolis. As duas faixas de descida, sentido Rio, ganharão vias laterais e novas alças de acesso. De Xerém até o Belvedere, o traçado da duplicação acompanhará a atual estrada de descida, aproveitando áreas degradadas. A partir do Belvedere, só na subida, será aberto o túnel, cujo projeto original sofreu modificações por exigência do Ibama.

– Ele estava desembocando dentro da área de proteção do Tinguá – explicou o presidente da Concer.

Novo trajeto será 5 km mais curto

O túnel e as curvas menos sinuosas da nova estrada encurtarão em 5km a viagem de 55km entre o Rio e Petrópolis. A uma velocidade média de 80km/h, o trajeto que antes era feito em cerca de uma hora poderá ser concluído em 40 minutos.

Ao longo dos 5km do túnel haverá ventilação mecânica, acostamentos e galeria de interligação com a pista de descida. O túnel se estenderá por quase o dobro do Rebouças (2,8km em duas galerias) e mais que o dobro do Covanca da Linha Amarela (2.187 metros). Segundo Jonsson, o túnel foi a solução de menor impacto ambiental.

Para garantir o bom fluxo de veículos, a estrada e o túnel terão câmeras, como já há no trecho ao longo da Baixada Fluminense. A Concer estuda um acordo com a Polícia Rodoviária Federal para ceder as imagens, reforçando a segurança. Além disso, a duplicação prevê melhorias no entorno da estrada, como a ligação entre os bairros Bingen e Quitandinha, diminuindo o tráfego no centro de Petrópolis. Estão previstas, ainda, alterações viárias no entorno do Belvedere e a reforma do monumento, hoje desativado.

Para Peter Wanke, coordenador do Centro de Estudos de Logística do Coppead – instituto de pós-graduação e pesquisa em Administração da UFRJ -, o maior tráfego de caminhões está relacionado ao crescimento econômico, em especial do comércio exterior. O intenso fluxo de veículos pesados nessa rodovia se deve, em grande parte, ao Porto do Rio. Esse seria um corredor natural para as exportações de empresas de Minas Gerais e de outras regiões do país.

– Gargalos na infraestrutura do Porto de Santos, como filas no embarque e desembarque de contêineres e engarrafamentos na Dutra, reforçam a área de influência do Porto do Rio – explicou Wanke.

Veja esse incrível modelo da nova estrada com ajuda da computação gráfica:

A antiga Rio-Petrópolis, aberta em 1928 pelo então presidente Washington Luís, foi considerada por muitos anos como uma das melhores estradas da América do Sul. Com o tempo, no entanto, suas condições foram piorando. Nos últimos anos, houve crescimento significativo do número de veículos pesados, que dividem a estrada, quase em igual proporção, com carros leves. Mensalmente, dos cerca de 2,13 milhões de veículos que passam pela rodovia, 1,1 milhão são pesados.

Redução na emissão de gás carbônico


O túnel terá 5km de extensãoEm um ano, aproximadamente 25,6 milhões de veículos passam pela rodovia. Com a redução no percurso e a consequente diminuição de consumo de combustíveis, estima-se que 8 mil toneladas de gás carbônico deixem de ser lançadas à atmosfera anualmente.

Segundo a Concer, com as obras, a nova pista terá acostamento em toda extensão, além de curvas menos sinuosas. O túnel vai contribuir para a redução de ruídos e do risco de deslizamento.

Via O Globo, G1

Anúncios

14 pensamentos sobre “Nova Rodovia Rio-Petrópolis – E vídeo Incrível sobre o projeto

  1. Prezados, qual o status atual do projeto? Já foi liberado pelo IBAMA? Este projeto terá impacto tão significativo quanto foi a abertura pioneira da da estrada!

    • Parece que a CONCER, empresa responsável pelo trecho, já tinha planos de ampliação da estrada desde sua privatização.
      Após o projeto ser adiado várias vezes, parece que as obras finalmente começarão em 2013, com duração prevista de 4 anos.

      Só falta mesmo o IBAMA liberar. As obras não envolvem desmatamento, mas há um trecho de 12km que passará por dentro do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, e portanto, depende de licença ambiental.

      • A estrada não passará dentro do Parque Nacional da Serra dos Órgãos e sim dentro da APA Petrópolis.

  2. Como quase tudo no Brasil partindo do Governo (nos tres niveis) e das empresas que são concessionárias de rodovias principamente a CONCER, é verdade que começará a construção em 2013? Pagamos um pedagio absurdo desde o inicio desta desastrada concessão (a estrada está muito pior e mais mal administrada que na época do DNER). A concessão tinha como explicação, na época, a imediata duplicação da via, isto há mais de 15 anos!!! Não há mais o menor respeito ao usuário que hoje é mero contribuinte para abastecer os cofres desta concessionária.

  3. JA ESTAMOS EM MAIO DE 2012 E ATE AGORA NEM SINAL DE COMEÇO DAS OBRAS.
    HA MUITO QUE LEIO SOBRE ESSE PROTEJO MAS NAO VEJO NENHUM SINAL DE INICIO DE OBRA. SERA ISSO MAIS UMA PROMESSA NO AR? A FINAL O QUE É QUE FALTA PRA COMEÇAR ESSA TAO ESPETACULAR SOLUÇÁO PRA ESSA VERGONHOSA SERRA DE PETROPOLIS?
    RAUL NOBRE

  4. Gostaria de saber qual o prazo para iniciar as obras.
    sera que eu verei.
    gostaria de passar pela nova rodovia,mais vou mostrar o projeto para a minha neta.
    quem sabe ela vai utilizar.

    Edson Araujo

  5. Prezados,
    Sou usuário e estou interessado em saber o andamento do projeto.
    Vcs acham que começando uma obra em fins de 2013, alguma coisa desta obra ficará para a copa e olimpíadas??
    E em relação as indenizações? teríamos muitos morados afetados?
    Obrigado,
    Swami.

    • A obra so sai se o governo aceitar as condicoes impostas pela CONSER. Elesquerem que o governo pague pela diferenca orcada no inicio da obra e o custo atual previso. Nao sei se estao levando em consideracao o atraso para apresentacao d projeto detalhado,
      Enviado do meu BlackBerry® da TIM

  6. kkkkkkk
    Isso é uma comédia! Estamos em Dezembro de 2012! voces vão entregar em 2013?
    me engana que eu gosto!!!!!
    É sempre assim! projetos lindos… mas só projetos….
    uma pena….

    • Construida pelo Touring Club do Brasil, a Rio -Petropolis foi a primeira rodovia pavimentada em concreto do Brasil.Como rodovia parque os cariocas subiam a serra em suas baratinhas e cabriolet para fazer pic nic nas margens da rodovia.Ligando as duas sede de governo Federal onde o presidente despachava no verão em Petropolis e demorou oito anos para ter sua primeira linha de ônibus regular com a UTIL que transferiu alguns veiculos de sua linha São Paulo-Santos passou atender Rio-Petropolis-Juiz de Fora sendo a ¨pioneira¨ no serviço interestadual do Brasil.Foto dos primeiros auto-ônibus ¨Thornycoft¨ no imperiobus .fotopages Album 1898

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s